image/svg+xml image/svg+xml

Aprenda a montar um kit de primeiros socorros para pets

primeiros-socorros-pet-1

Assim como nós, humanos, temos uma “farmacinha” em casa com analgésicos, remédios de uso comum, curativos e antisséptico, é importante que você também tenha em casa uma caixinha de primeiros socorros para socorrer e cuidar do seu cachorro caso ele se machuque. Afinal, acidentes acontecem.

Kit de primeiros socorros para pets

A veterinária DogHero, Ingrid Stein, montou como sugestão uma lista com os itens mais importantes:

  • Gaze;
  • Esparadrapo;
  • Atadura;
  • Algodão;
  • Sabão neutro (sem perfume ou corante);
  • Antisséptico com clorexidina (como Merthiolate);
  • Soro fisiológico;
  • Soro fisiológico estéril (para os olhos): vendido em frascos menores, como doses únicas;
  • Tesoura sem ponta;
  • Pinça de sobrancelha para retirar farpas ou pequenos espinhos (para uso exclusivo do cachorro)
  • Termômetro;
  • Luvas de látex;
  • Seringa sem agulha ou conta-gotas para dar remédio na boca;
  • Água oxigenada: para verificar se eventuais pontos vermelhos no vômito ou fezes são sangue.

Mesmo com a caixinha equipada, lembre-se de ter consigo também:

  • Telefone e endereço de uma clínica veterinária ou de um médico veterinário da sua confiança, preferencialmente que ofereça atendimento 24h;
  • Carteira de vacinação em dia.

Limpeza de ferimentos

Se houver qualquer ferimento, seja ele um arranhão, um corte, um ralado ou uma mordida, você deve limpar a região atingida. Se a área estiver suja com terra ou grama, por exemplo, em primeiro lugar lave com água corrente e sabão neutro. Após a limpeza das sujeiras “visíveis”, limpe o ferimento com soro fisiológico e use uma gaze para remover qualquer sujeirinha remanescente, pus e sangue.

Dessa forma, você conseguirá ver a extensão do machucado e decidir se deve levá-lo ao veterinário. É possível, também, fazer a limpeza do ferimento com algum antisséptico (como Merthiolate). Após a limpeza, é importante secar a ferida para evitar a proliferação de bactérias na região e ajudar na cicatrização.

Se o ferimento estiver sangrando, estanque-o pressionando com os dedos uma gaze no local por 20 segundos. Quando remover a gaze, não “esfregue” a ferida — apenas retire a gaze. Se for um sangramento superficial, ele não voltará a sangrar. Caso continue a sangrar, volte a pressionar a gaze, coloque uma atadura e leve o cachorro imediatamente ao veterinário.

Não faça uso de pomadas, analgésicos, antiinflamatórios e antibióticos. Esses medicamentos só devem ser utilizados sob orientação de um médico veterinário.

Remoção de farpas ou pequenos espinhos

É possível retirar pequenas farpas ou espinhos em casa com o auxílio de uma pinça de sobrancelha, desde que o cachorro permita. Para isso, a mesma limpeza descrita acima deve ser feita antes e após a remoção da farpa.

Caso seja algo maior como um caco de vidro ou um grande espinho, ou até mesmo se o cachorro estiver arisco, não tente remover — faça a limpeza e leve o pet ao veterinário. É importante também higienizar a pinça antes e após o uso lavando-a com água e sabão e deixando de molho por 10 minutos em hipoclorito (1 parte de água sanitária para 4 partes de água).

Limpeza de lesões no olho

As lesões oculares são mais complexas porque o olho é um órgão muito delicado e que deve receber avaliação de um veterinário clínico geral ou oftalmologista. De qualquer forma, a limpeza correta antes de levar da visita ao veterinário pode ser determinante na saúde dos olhos do cachorro.

Para isso, você deve utilizar soro o fisiológico estéril (vendida em frascos menores, como doses únicas), gaze ou algodão. Apenas passe a gaze umedecida com a solução estéril nos olhos e não esfregue ou faça força.

Caso alguma substância química caia nos olhos (como desinfetantes, por exemplo), lave bastante com o soro fisiológico estéril e leve o animal ao veterinário logo em seguida. Nunca use nenhum tipo de colírio sem a orientação de um veterinário.

primeiros-socorros-pet-2

O que NÃO fazer ao socorrer um pet

  • Medicar o animal sem orientação de um médico veterinário;
  • Limpar feridas com álcool e desinfetantes;
  • Remover materiais perfurantes (como vidros, pregos e similares) de qualquer parte do corpo do animal por conta própria;
  • Usar água boricada para lavar os olhos. Nos olhos dos pets use apenas soro fisiológico estéril!

Fonte: veterinária DogHero Ingrid Stein.

Gostou? Compartilhe!

Comentários

  1. nathalia

    olá! estou tendo um problema com um cãozinho que está na minha casa. Ele está me mordendo a ponto de sangrar. Nesses casos o que eu devo fazer? Foi o primeiro hospede que eu tive problema. Todos os outros foram super carinhosos esse é o único agressivo.

    24 de janeiro de 2017

    • Olá, Nathalia! Muitas vezes, em um ambiente diferente e longe dos tutores os cãezinhos podem apresentar comportamentos que eles não tem habitualmente. Entre em contato conosco por telefone ou e-mail para que possamos te ajudar! =)

      26 de janeiro de 2017

Deixe o seu comentário

Vai viajar? Deixe seu cãozinho em um lar amoroso como o seu com a DogHero!

Saiba mais