image/svg+xml image/svg+xml

Como evitar que o cachorro puxe a guia durante o passeio

O cão puxa a guia durante o passeio? Veja como resolver

A hora de passear é a mais feliz do dia para muitos cachorros, mas alguns deles podem ficar agitados ou até nervosos durante a atividade e puxar demais a guia. Seja durante o passeio focado em exercício, ou durante o passeio para fazer as necessidades, atitudes simples podem ajudar o pet a curtir o momento com tranquilidade.

A postura do tutor diante do cachorro faz toda a diferença na hora de controlar o seu comportamento antes e durante o passeio. Estimular a euforia no momento em que anuncia a saída, por exemplo, influencia a reação do pet. Veja dicas de como agir para facilitar o passeio:

Brinque com o cachorro antes do passeio

Brincar com o pet é uma forma de deixá-lo feliz e também ajuda a gastar energia antes do passeio. Assim, na hora de ir para a rua passear, ele vai estar alegre e mais tranquilo, o que diminui a ansiedade de puxar a guia.

Caso o passeio tenha como foco as necessidades, isso não é necessário, já que o pet vai estar ansioso para fazer xixi ou cocô.

Mantenha a atenção do pet durante o passeio

Ao sair de casa, muitos cães podem se sentir ameaçados e, por isso, são tomados por um instinto protetor. Isso faz com que se tornem agressivos com outros animais de estimação, já que entendem que devem proteger o dono em um ambiente desconhecido. Manter a atenção do cãozinho durante o passeio com brincadeiras ou conversas, com expressões como “bom garoto”, ajudam a manter o pet concentrado e calmo.

Treine o cão para fazer o que você deseja

Assim como no adestramento de cães, você deve ensinar ao cachorro como quer que ele se comporte. Se ele puxa a guia durante o passeio, interrompa a caminhada e deixe que ele se acalme. Depois disso, retome o passeio mantendo a guia perto de você para que ele entenda que deve andar ao seu lado.

Tire o tempo do passeio para o cachorro

Preste atenção na forma como seu cão age na rua. No caso do passeio focado em exercício, não permita que ele pare e cheire outros cães, ou pare para marcar território com o xixi.

Se o passeio for para as necessidades, deixe-o livre para escolher os locais onde quer ir e para que fareje outros cães e faça amigos.

Faça passeios frequentes

Quanto menos frequentes forem as caminhadas, mais ansioso o cão vai ficar quando descobrir que é hora do passeio. Por isso, invista em uma frequência maior de passeios. Além de ajudarem a saúde do seu cão, eles facilitam a repetição de todo o processo. Se não tiver tempo para fazer caminhadas diárias, você pode contratar um dog walker de confiança que faça isso por você.

Gostou? Compartilhe!