image/svg+xml image/svg+xml

Cachorro chorando: o que fazer?

Cachorro chorando

Já se perguntou o que o cachorro chorando quer dizer? Chorar é a materialização dos sentimentos de qualquer espécie viva. Serve para demonstrar estados de espírito dos mais variados, como alegria, dor, euforia, alerta, etc. Para nós, humanos, geralmente é bastante simples distinguir esses momentos e o que os motivou. Mas no caso de um cachorro chorando, a coisa é diferente. Será que sabemos lidar com as necessidades emocionais do peludo?

Conhecer o motivo que deixa o seu cachorro chorando muito – às vezes sem parar – é imprescindível. Antes de mais nada, o tutor deve saber interpretar para discernir se é uma situação casual (se foi algo momentâneo que despertou a emoção no pet), ou se o seu cachorro aprendeu a te manipular por meio desse artifício. É bom ficar ligado!

Cachorro chorando muito: o que fazer?

Temos que ter em mente que os cachorros possuem gatilhos semelhantes aos nossos com relação ao ato de chorar. Uma dor física, como uma pata quebrada, pode deixar o cachorro chorando por um determinado período por conta da lesão. Já uma dor emocional pode estar relacionada a uma ansiedade, motivada pela separação momentânea entre ele e o tutor, o que é normal nos primeiros meses de vida do filhote. Nos dois casos, é importante consultar um veterinário para entender a causa.

A situação se complica quando o cão não para de chorar, mesmo depois de resolvido o problema. Isso pode significar até mesmo sinais de um comportamento esperto por parte do animal. Se o tutor não conhece bem seu pet, se torna facilmente manipulável pelo choro.

O cachorro chorando à noite pode ser sinal de dor. Mas se ele faz isso sempre que o dono apaga luz para dormir, não há algo de estranho aí? Ou, se depois de adulto, ele ainda choraminga toda vez que alguém sai de casa, tentando fazê-lo desistir para lhe fazer companhia… pode haver algo errado. Ao ter certeza de que o cachorro chorando não está com dor ou algum desconforto pontual, emocional ou físico, é importante que o tutor treine o próprio discernimento para saber quando o ato representa apenas uma tentativa de prender a atenção de quem ama.

Um filhote de cachorro chorando pode denotar saudade da mãe ou de seu tutor. Mas se isso acontece repetidas vezes, mesmo depois de o veterinário constatar que não há dores físicas ou mesmo emocionais envolvidas nisso, pode ser apenas um dispositivo manhoso dele. Nossos filhos de quatro patas também são parecidos com a gente nisso: fazem de tudo por um carinho! Mas, como se trata de uma relação entre “pais e filhos”, é essencial conhecer o comportamento do seu cachorro.

Como acalmar o cachorro chorando

Antes de mais nada, verifique a causa do choro. Se há uma lesão, procure imediatamente um veterinário, que vai poder diagnosticar o problema e indicar o melhor tratamento. Se o caso é uma separação iminente, como quando você está prestes a sair de casa, tente fazer com que o cachorro chorando fique o mais confortável possível, seja num ambiente interno, seja num ambiente externo. Você pode usar brinquedos para ele possa se entreter durante o período, desviando assim sua atenção da causa da dor. Uma das melhores formas de acalmar o cachorrinho chorando é fazer carinho nele ou dar colo para que não se sinta sozinho.

Como acalmar o filhote de cachorro chorando

Quando o desafio é um filhote de cachorro chorando, é bom prestar atenção nele. Pode ser fome, sede, saudade da mãe, frio, dor, etc. Em muitos casos, ao dar o que ele pede, como um pouco de água, comida ou uma caminha quentinha, o choro logo cessa. Porém, se você prestou atenção nesses detalhes e constatou que nenhum deles o acalmou, envolva o filhote em um tecido macio, coloque-o em seu colo e siga diretamente ao veterinário. Nunca se esqueça que é melhor prevenir do que remediar!

O que fazer para evitar ter um cachorro chorando

Chorar é um processo normal, mas quando é frequente e sem motivo aparente, deixa qualquer tutor de orelha em pé. Será que foi algo que o cachorro comeu? Será que ele está doente? São muitos os questionamentos que surgem ao primeiro sinal de choro. Porém, o cachorro pode estar se aproveitando desse amor incondicional para manipular as decisões de seu tutor no dia a dia. Para ter certeza disso, é essencial consultar um veterinário.

Ao perceber que o choro é motivado por pura manha do cachorro, o adestramento pode ser uma boa solução. Você também pode ensiná-lo que aquilo não é o comportamento que espera. Utilize sempre um “shhhh!” toda vez em que ele começar a chorar. Por exemplo, quando ele receber uma bronca justa por ter destruído algum objeto importante. O segredo reside em mostrar ao pet que não é legal recorrer ao choro como um artifício de ordem física e emocional.

Mostre ao seu cachorro chorando por qualquer motivo que não se deve fazer isso. Controle os choramingos desnecessários com um barulho sistemático sempre que ele resolver fazer manha, procure recompensar sem petiscos, usando frases de incentivo como “bom garoto” e “muito bem”. Se você usar comidinhas, ele pode entender que é conveniente chorar sempre que quiser obter algo para comer.

As dicas foram úteis e você está considerando adestrar o pet? Então aproveite para conhecer os tipos de treinamento e saiba qual escolher!

Gostou? Compartilhe!

Busca passeadores ou anfitriões que hospedam cachorrinhos? Conheça a DogHero!