image/svg+xml image/svg+xml

Cachorro vomitando: o que fazer?

cachorro-vomitando-o-que-fazer

Cachorro vomitando: o que pode ser?

Existem diversos motivos que podem deixar o cachorro vomitando. Ainda que muitos deles estejam ligados a doenças, muitas vezes o sintoma não é motivo para preocupação: o vômito de cachorro também pode ser um mecanismo de defesa para os animais.

Mas atenção: antes de agir, é preciso entender a diferença entre vomitar e regurgitar. O vômito é a expulsão de algo do estômago do cachorro, enquanto o regurgito é a expulsão de conteúdos do esôfago, que ainda não começaram a ser digeridos. Um caso comum de regurgito acontece quando o cachorro come muito rápido, por exemplo – e não é preocupante.

O que fazer quando meu cachorro está vomitando

Como ajudar o cachorro vomitando? Veja algumas dicas do que observar e como agir:

Preste atenção na frequência dos vômitos e outros sintomas

Para entender como agir com o cachorro vomitando, é preciso observar frequência dos vômitos e se eles são acompanhados de outros sintomas, como diarreia ou febre. Se a frequência for alta ou o cachorro apresentar outros sinais clínicos, o vômito pode estar ligado a alguma doença e o animal  deve ser levado ao veterinário imediatamente.

Observe o comportamento do cachorro depois de vomitar

Se seu pet não estiver vomitando com frequência e nem apresentar outros sintomas, o mais importante é não se desesperar e observar como o cachorro fica depois vomitar. Isso pode ajudar a entender o que levou ao cachorro passando mal.

Em primeiro lugar, tire a comida do alcance dele e tente oferecer de novo depois de uma hora. Se o vômito de cachorro persistir ou vier acompanhado de um comportamento diferente do normal – como não querer se alimentar ou não beber água por horas, diarreia intensa, desânimo, febre, tosse, presença de sangue no vômito ou nas fezes –, leve-o ao veterinário.

Hidratação e dieta leve podem ajudar

Quando o cachorro vomita algumas vezes, fica um pouco desidratado. É importante oferecer líquidos para que a situação não se agrave. Caso ele torça o nariz para a água em temperatura ambiente, tente oferecer água gelada ou água de coco – geralmente mais atrativas.

Além disso, é normal que o cachorro passando mal sinta-se enjoado e não queira comer a ração. Adotar uma dieta leve pode ser mais atraente para o cachorro e mais suave para o seu estômago.

Receita caseira para o cachorro vomitando

Para os casos de cachorro vomitando, a canja de galinha é uma opção sem riscos para a saúde do pet e que ajuda a restabelecer as forças. Anote a receita caseira:

  • 1 xícara de arroz
  • 80 g de peito de frango
  • 3 a 4 xícaras de água
  • 1 pitada de sal

Cozinhe os ingredientes em uma panela por 20 minutos. Desfie o frango e junte novamente à mistura. Sirva frio ou morno (nunca gelado ou quente). Deixe bem molhado para ficar mais apetitoso e ser mais uma fonte de hidratação para o cachorro.

É sempre bom lembrar: essa é uma receita que não apresenta riscos ao cachorro. Qualquer medicação só pode ser dada com indicação do veterinário.

Causas e tratamento de vômito em cachorro

Ao se deparar com o cachorro vomitando, você deve estar se perguntando quais são as causas para isso. As explicações para o vômito são muitas:

– Sair da dieta: engolir algo diferente (como grama ou algo do lixo), mudar de ambiente ou dieta pode levar o estômago a não receber bem as mudanças.

– Brincadeiras: brincar ou correr logo após comer pode atrapalhar a digestão.

– Não comer: ficar muito tempo sem se alimentar também pode causar vômitos. Nesses casos, o vômito é espumoso e amarelado.

– Doenças: o vômito pode ser sintoma de várias doenças, como intoxicação, cinomose, parvovirose e giardíase.

Se o cachorro vomitar uma vez, normalmente não há motivo para se preocupar. A atenção deve aumentar quando o vômito é acompanhado de outros sintomas, como diarreia, ou quando a frequência é grande. Nesses casos, apenas o veterinário é capaz de identificar os motivos e indicar o melhor tratamento para um cachorro vomitando.

O que observar no cachorro vomitando antes de ir ao veterinário

Observar o comportamento do cachorro e o aspecto do vômito para depois explicá-los ao veterinário pode facilitar o diagnóstico. Quanto mais detalhes você puder contar ao profissional, mais rápido e fácil será descobrir qual é o problema. Antes de procurar um profissional, observe alguns aspectos e depois compartilhe tudo com ele:

– Quando os vômitos começaram?

– Foram quantos episódios de vômito e com qual intervalo?

– Qual o aspecto do vômito? Cor? Tem comida junto? Tem espuma ou sangue?

– O cachorro vomitou logo após comer ou depois de muitas horas?

– O cachorro comeu algo diferente? Brinquedo? Inseto? Plantas?

– O cachorro está com apetite ou não quer comer?

– Está fazendo cocô normalmente? Está com diarreia? Tem sangue?

– O cachorro bebe água? E quando bebe, vomita?

– Faz esforço para vomitar?

– Parece estar enjoado ou vomita “do nada”?

– Algo no comportamento do cachorro mudou ou ele continua “normal”?

– O cachorro tem qualquer outro sintoma?

– Algum cachorro próximo está com os mesmos sintomas?

Com essas respostas ou pelo menos parte delas, você ajuda o veterinário a chegar a um diagnóstico e ao tratamento mais adequado.

Gostou? Então confira dicas para dar remédio para o cachorro de um jeito fácil!

Gostou? Compartilhe!