Cachorro vomitando verde: o que pode ser?

Assim como acontece em humanos, o vômito sempre acende o nosso sinal de alerta. Às vezes, o problema é apenas um mecanismo de defesa do próprio animal, uma reação por ter comido muito rápido ou ter se exercitado logo após comer. Mas, em outros casos, o assunto se torna sério, como um cachorro vomitando verde.

Mas por que o tom esverdeado? O ato de vomitar causa uma contração no estômago para permitir a expulsão do líquido do corpo. Mas, antes disso, acontece a contração do intestino, que libera a bile (substância que auxilia na digestão). A bile, produzida na vesícula biliar, perto do intestino, é liberada em situações normais aos poucos após uma refeição. Mas, com as contrações, o conteúdo é liberado e dá a cor verde ao vômito. O verde indica que há maior quantidade de bile, enquanto a cor amarelada indica que há menos. Por isso, um cachorro vomitando verde costuma ser mais grave.

É fundamental examinar cada detalhe do vômito e verificar se há outros sintomas para informar o veterinário. Esses dados irão ajudá-lo a diagnosticar o problema e iniciar o tratamento o mais rápido possível.

O que fazer quando meu cachorro está vomitando verde

Como um vômito verde indica maior quantidade de bile presente, isso aponta que algo está errado. Pode ser porque o cachorro vomitou repetidas vezes, e as contrações do organismo para expelir o líquido forçaram a saída da bile, ou em razão de alguma doença. Veja como agir ao encontrar o cachorro vomitando verde:

Observe como é o vômito e a frequência

Embora não seja uma tarefa muito agradável, é importante observar a consistência do vômito, o tom da coloração, se há resquícios de comida, planta, mucosa, sangue e até mesmo fezes. Ainda é preciso prestar atenção em: quantas vezes vomitou, há quanto tempo está vomitando, se é um caso isolado ou se ocorre periodicamente.

Verifique se seu cachorro apresenta outros sintomas

O seu cachorro não sabe falar, mas pode indicar por mudanças em seu comportamento, aparência e nível de energia que há algo de errado. Por isso, fique atento a esses sinais, bem como à presença de febre, diarreia, desidratação, perda de peso, fraqueza, entre outros.

Colete uma amostra do vômito

A aparência do vômito pode ajudar o veterinário a identificar com mais rapidez a causa do problema e iniciar o tratamento. Por isso, tente coletar uma amostra e armazene-a em um recipiente limpo. Antes disso, tire uma foto para mostrar ao profissional.

Procure por vestígios e invista na prevenção

Investigue se há algum vestígio pela casa de algo que seu cachorro tenha consumido, como lixo revirado, vaso tombado ou planta mordida. Lembre por onde o seu cachorro andou nos últimos dias e se comeu algo diferente, fora do normal da sua dieta. Uma comida gordurosa pode causar o vômito verde, especialmente na raça schnauzer, que tem mais tendência a um vômito com grande presença de bile.

Além disso, invista na prevenção. Deixe substâncias e plantas tóxicas para cachorro longe do seu alcance – se possível, elimine-as. Também é importante impedir o acesso do animal à lata de lixo, produtos de limpeza e higiene. Todo esse cuidado diminui o risco de ocorrer um novo episódio.

Hidrate seu cachorro

Cachorro vomitando verde pode sofrer de desidratação. Para evitar que isso ocorra, incentive o cão a beber água, mesmo que ele não queira. Pequenas quantidades ajudam a se restabelecer e evitar mais transtornos.

Procure um veterinário

Diferente de outros tipos de vômito, o esverdeado é mais sério e merece atenção. Ao perceber que seu cachorro está vomitando verde, procure um veterinário imediatamente. Apenas um profissional é capaz de identificar a causa do problema e indicar o melhor tratamento.

Causas e tratamento de vômito verde em cachorro

O vômito pode ser sintoma de centenas de doenças. E, acima de tudo, uma ocorrência com a cor esverdeada não deve ser ignorada, porque costuma indicar problemas mais sérios. Ao ver o cachorro vomitando verde, não deixe de levá-lo ao veterinário imediatamente. Veja mais detalhes sobre algumas das causas:

– Plantas: é comum que cachorros comam gramas ou plantas. Às vezes, logo após comer ou porque comeram em excesso, já colocam para fora em forma de líquido verde. O problema é que algumas plantas são tóxicas para cachorros, o que pode gerar outras complicações e até envenenamento.

– Bile: vômito verde, esverdeado ou com um tom amarelado pode ser bile. Isso acontece porque o ato de vomitar causa contrações que levam à liberação da substância. Estar em jejum durante um período prolongado, por exemplo, pode causar náuseas e levar o pet a vomitar saliva engolida, sem conteúdo – mas com a presença de bile.

– Inflamação no sistema digestivo: quando um líquido verde com mais mucosas do que com restos de comida é colocado para fora pelo seu cachorro, indica gastrites e gastroenterites. Essas inflamações podem ser causadas por algo que o cachorro consumiu (comida fora da dieta, uma planta ou outra coisa) ou por longos períodos em jejum que, em cães mais sensíveis, são suficientes para gerar problemas.

– Vírus, bactéria, parasita: cachorro vomitando verde também pode ser um sinal de doença viral ou bacteriana, ou da presença de um parasita dentro de seu cachorro. É o caso da cinomose e da parvovirose.

– Intoxicação: o cachorro pode estar sofrendo de uma intoxicação. Geralmente, isso ocorre por comer algo do lixo, algum veneno (para combater insetos, ratos, etc), plantas tóxicas, entre outros. Nesse caso, o vômito expelido pode ser verde ou também ter outra aparência.

– Doenças: cachorro vomitando verde pode ser também um indício de algum problema de saúde, como pancreatite, hepatite, insuficiência renal, alergias alimentares, diabetes e outras doenças diversas.

Ervas que ajudam a curar o cachorro vomitando verde

Uma das melhores tentativas que você pode fazer pelo seu cachorro é apostar nas ervas, que são remédios naturais tanto para humanos como para animais. Nesse caso, camomila, erva doce e gengibre são ótimas pedidas para acalmar a irritação no estômago. Mas como? Você pode misturar as ervas bem picadinhas na ração ou na comida enlatada para cachorro. Outra maneira é fazer um chá para adicionar na comida ou diluir na vasilha de água.

Gostou? Então conheça opções de petiscos saudáveis para o cachorro.