Cachorro com tosse: o que pode ser?

O cachorro com tosse manifesta um mecanismo de reação do corpo a algum processo de irritação das vias aéreas ou respiratórias. E por isso ele pode ter uma série de causas e ser desencadeada por muitos fatores. Ou seja, seu cachorro pode estar sofrendo desde um episódio alérgico até um problema cardíaco mais grave. Saiba o que é bom para a tosse do seu cão e como tratá-la.

O que fazer quando meu cachorro está com tosse

Você deve estar se segurando para não dar aquele xarope de agrião que sua avó fazia para você. Mas se contenha, às vezes a tosse é só um reflexo de uma via nasal irritada. As causas que deixaram um cachorro com tosse incluem ter cheirado uma flor cujo pólen ressecou sua garganta ou um passeio atrás da lavadora de roupas – que guarda aquele pozinho – atrás de algo que ele achou que seria um presente perfeito para você.

O que é importante notar em um cachorro com tosse é a frequência, o aspecto da tosse – se seca ou produtiva (com sangue, pus ou catarro). Também vale conferir outros sintomas, como febre, cansaço, falta de ar e inchaço nas vias respiratórias. É importante distinguir uma tosse de um engasgo, espirro, chiado, entre outros, para ajudar seu veterinário na hora do diagnóstico.

Se a tosse for persistente e você sentir que está incomodando seu cachorro mais do que deveria, leve-o ao veterinário. Mas se você sacar que ela é esporádica, alguns remédios caseiros e sem risco à saúde do seu cão podem ajudar a aliviar os sintomas.

Receitas e remédios caseiros para tosse

Mel natural

Além de ser docinho, o mel tem propriedades antibióticas por causa das enzimas produzidas pelas abelhas durante sua produção. Por isso é tão usado como remédio caseiro contra tosses e resfriados.

Dê uma colher de chá a cada cinco horas para seu cachorro lamber. Não abuse, pois o mel pode causar desconforto no estômago dele. E lembre-se de usar mel natural, pois o açúcar das versões industrializadas pode fazer mal ao animal. Além disso, não é recomendável dar mel a filhotes menos de um ano, pois seu trato digestivo ainda não está completamente desenvolvido.

Alimentos ricos em vitamina A

Alimentos ricos em vitamina A – como receitas com cenoura, espinafre, pêssego, etc. – ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Se seu cachorro não está acostumado a comer frutas e legumes, você pode tentar fazer sucos e sopas ou incorporar uma cenoura cozida ou assada em sua ração. Lembre-se sempre de usar frutas e legumes naturais, não processados.

Vaporizador de ar

Muitas vezes a tosse está associada a uma simples irritação por ressecamento da mucosa do trato respiratório. Para ajudar a aliviar esse incômodo, você pode fazer um vaporizador de ar (se tiver um umidificador elétrico, melhor ainda!). E ele pode ser improvisado. É só colocar uma bacia de água morna ao lado do seu pet quando ele estiver dormindo.

Causas e tratamento da tosse em cachorro

Sempre que vemos nossos queridos bichos de estimação com algum sintoma estranho, queremos que ele melhore logo e corra feliz pela casa fazendo as estripulias de sempre. Por isso é importante saber o que observar e que sinais indicam a necessidade de um cuidado mais extensivo, com diagnóstico médico. Conheça as principais causas para um cachorro com tosse.

– Alergias

Sim! Seu companheiro de aventuras (ou de maratonas de séries e filmes de cachorro!) pode ser alérgico a insetos, comidas, xampu e outras coisas. As alergias não costumam ser uma causa grave e tendem a passar assim que o organismo se livra do componente tóxico para o corpo do animal. Mas se ele apresentar algum inchaço, leve-o ao veterinário.

– Infecções

As infecções caninas geralmente são causadas pela presença de vírus e bactérias no organismo. E algumas delas podem causar condições mais complicadas de se tratar, como gripe canina e bronquite, que apresentam um quadro de tosse com febre, coriza e cansaço. Infecção por fungos, como aspergilose – que provoca tosse, espirros, corrimento e hemorragia nasal também exigem cuidados. Da mesma forma, a blastomicose, que apresenta febre, perda de peso, inflamação e lesões cutâneas. Se seu cachorro apresentar os sintomas mencionados acima, leve-o ao veterinário.

– Parasitas

Se, além da tosse, seu pet apresentar cansaço extremo, insuficiência cardíaca e falta de apetite, ele pode ter entrado em contato com algum parasita lumbricoide, como o que causa a difilariose (verme do coração). Se você desconfiar da presença de parasitas, leve-o ao veterinário. E fique atento à limpeza dos ambientes, pois esses parasitas são transmitidos por contaminação.

Além dessas causas, a tosse pode também ser um sinal de doenças um pouco mais graves, como tumores, problemas cardíacos e traqueobronquite. Embora essas condições sejam um pouco mais raras, elas são severas. Por isso é importante, além de prestar atenção aos sintomas (entre os quais a tosse está incluída), manter a visita ao veterinário em dia, pois o diagnóstico correto e precoce pode salvar a vida do seu cão.

Tratamentos para cachorro com tosse

O tipo de tratamento da tosse canina depende do seu motivo. Se seu pet estiver com uma infecção por bactéria, o tratamento é feito com antibióticos, enquanto o tratamento para condições mais graves, como insuficiência cardíaca, pode incluir cirurgia.

O ideal é que você esteja sempre atento à saúde do seu cachorro. Em casos esporádicos e menos graves, remédios caseiros podem ser suficientes para o tratamento. Mas se sentir que o quadro ficou mais grave, leve-o ao veterinário para obter diagnóstico adequado, saber as medidas profiláticas e os tratamentos recomendados.

O artigo te ajudou? Aproveite e confira brincadeiras para fazer com seu cachorro.