Yorkshire terrier: conheça tudo sobre a raça

O yorkshire terrier, também conhecido como york ou yorkie, é um lindo cão de companhia, muito inteligente e dócil. Suas dimensões reduzidas (os cachorros da raça têm menos de 20 cm!) e fácil adaptação o tornam ideal tanto para tutores que moram sozinhos, como para lares com grandes famílias e crianças. Esperto e brincalhão, o yorkshire também atua como cão de guarda, alertando sobre presenças e barulhos estranhos.

A personalidade dessa raça requer um líder que imponha regras e dê comandos com voz firme – ou então ele vai passar a apresentar comportamentos inadequados, como, por exemplo, puxar a coleira durante o passeio, frequentar áreas da casa não permitidas e fazer xixi e cocô no local errado.

Origem: Inglaterra

Peso: 2-3 kg

Altura: 18-20 cm

Expectativa de vida: 12-15 anos

História

O yorkshire terrier que conhecemos hoje foi criado na cidade de Yorkshire, em meio à Revolução Industrial. A raça é o resultado da mistura de outros terriers, muitos deles vindos da Escócia, acompanhando seus donos, que buscavam emprego em fábricas e moinhos. As origens dessa raça remetem ao extinto waterside terrier, formada por cruzamentos entre o black-and-tan english terrier, o paisley terrier e o clydesdale terrier.


Assim como os seus semelhantes terriers, o yorkshire tinha grande importância na cidade e no campo. Ele contribuia com a caça de ratos e insetos, que espalhavam doenças e atacavam os estoques de alimentos. Além desses, pequenos animais como coelhos e esquilos poderiam ser caçados – um reforço na alimentação das famílias. A raça foi reconhecida oficialmente como yorkshire terrier pelo Kennel Clube Britânico em 1874.

Características

Cores da raça

Os filhotes de yorkshire terrier costumam ter a pelagem marrom, preta e castanha, mas quando crescem exibem lindos tons de preto e dourado, preto e castanho, azul aço e dourado ou azul aço e castanho. Um detalhe interessante é que os pelos castanhos são mais escuros na raiz e vão clareando na direção das pontas.

Temperamento do yorkshire terrier

O yorkshire terrier é uma raça cheia de energia. E não se engane com o tamanho: yorkies são corajosos, determinados e investigativos. São do tipo que gosta de alertar o dono quando há algo estranho (campainha, barulho no corredor etc.) e que adora um colo. O alto nível de adaptação faz com que ele espelhe as pessoas da casa: se forem agitadas ou calmas, ele adotará a mesma linha de comportamento. Embora tenham sido criados como cães de caça, deixaram a força de trabalho para se tornarem cães de companhia em famílias da alta sociedade europeia. Se saíram muito bem nessa missão e hoje ocupam posição de destaque no quesito popularidade.

O yorkie é muito inteligente e não exige grande esforço no adestramento, que ajuda especialmente quando ainda é um filhote curioso e cheio de disposição. Ele precisa entender quem é o líder da casa para que não desenvolva a Síndrome do Cão Pequeno – distúrbio comportamental de cães de pequeno porte expresso por comportamentos inadequados, como fazer xixi e cocô no local errado, pular em locais onde não tem permissão para ir (como o sofá ou a cama!), puxar a coleira durante as caminhadas, entre outros.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

A raça é perfeita para lares com criança porque o yorkshire terrier é dócil e adora brincar. Com estranhos, primeiro ele dá o alerta. Assim que percebe que é uma presença amigável, irá demonstrar a alegria em fazer um novo amigo. O mesmo vale para outros cães e inclusive gatos.

O yorkie late muito?

O yorkie é muito leal ao tutor e gosta de alertá-lo quando acontece algo de diferente, como um ruído, por exemplo. Por isso, também pode ser considerado um cão de guarda. Como para um cachorro muitas coisas podem ser novidade, inclusive a voz de um vizinho, o latido pode ser frequente e, caso e se torne um problema, um pouco de treinamento pode ajudar a amenizar o problema.

A raça é destruidora?

Quanto mais jovem, mais energia o yorkshire terrier tem. Como todas as raças, ele fica mais calmo na velhice, mas durante a juventude é necessário mantê-lo entretido. Brincadeiras e treinamento ajudam a manter os móveis e objetos da casa seguros. Do contrário, o cachorro vai mastigar, morder, latir e cavar para se distrair.

O yorkie é agitado?

Como o yorkie adora colo, mas também é entusiasmado e cheio de disposição, o ideal é que tenha atividades para se manter ocupado. Ele fica sozinho por horas numa boa, mas observe a disponibilidade de água e verifique se não há fios, produtos de limpeza ou outro objeto perigoso ao alcance dele ante de sair.

Cuidados

Os principais cuidados com o yorkshire terrier envolvem os longos pelos, que demandam manutenção frequente. Fora isso, a atenção com um cachorro dessa raça não é muito diferente da exigida por outras raças de cachorro.

– Colo: ele adora colo, mas não deve ser sempre carregado. O hábito pode causar problemas de coluna e comportamento inapropriado, como latir sem motivo para outras pessoas e animais.

– Banhos: dois banhos ao mês são suficientes – e a água deve estar morna! Evite o excesso shampoo, que pode provocar dermatites (irritações na pele).

– Pelos: como o pelo da raça yorkshire terrier é longo, a escovação deve ser diária. A ocasião é perfeita para estreitar laços com o cachorro, que vai ficar muito feliz com o carinho. Os pelos devem ser aparados para não atrapalharem a movimentação das patas. A tosa higiênica ajuda a mantê-lo limpo por mais tempo.

– Unhas: as unhas dessa raça crescem rápido e devem ser aparadas duas vezes ao mês. Se você não tem experiência e a ferramenta adequada para mantê-las aparadas, aprenda a cortar as unhas ou deixe a tarefa para os profissionais qualificados.

– Orelhas: devem ser checadas regularmente para que não haja acúmulo de cera ou sujeira, que provoca infecções.

Saúde

Alguns problemas de saúde podem acontecer com o yorkshire terrier, apesar de se tratar de uma raça geralmente saudável. Alguns cuidados são necessários para manter a saúde do yorkie em dia. Confira os principais:

– Tamanho: o yorkshire terrier é pequeno e delicado. Evite dar trancos (fazer paradas ou puxar a guia bruscamente) com a guia na hora de passear e brincadeiras que envolvam força física condizente com o seu porte.

– Dentes: a escovação diária reduz a formação de tártaro e a consequente queda e quebra precoce de dentes.

– Joelhoscomo o yorkie tem muita energia, pode sofrer com a luxação de patela (deslocamento do osso do joelho, também conhecido como rótula).


– Olhos: a raça tem tendência a desenvolver infecção nos olhos, por isso é importante ficar atento.

Nível de exercícios do cachorro

O yorkshire terrier não precisa de muito exercício, mas requer interação diária com seu tutor. Essa raça adora brincar e, mesmo sendo considerada independente, não gosta de ser ignorada por longos períodos. A sugestão é de 30 minutos de atividades diárias, incluindo brincadeiras e caminhadas de aproximadamente 9 km por semana, ou pouco mais de 1 km por dia.

Preço

Considerou todas as particularidades dessa raça e quer ter um na sua casa? Então, você precisa saber: quanto custa um yorkshire? O preço de um filhote de yorkshire terrier pode variar de R$ 500 a R$ 4.000 — o valor foi calculado com base no preço dos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Nome: a raça ficou conhecida como yorkshire terrier depois que Angus Sutherland, repórter da revista The Field, publicou: “Não irão mais ser chamados de Scotch Terriers, mas de yorkshire terriers por terem sido tão aprimorados lá”.

– Inteligência: de acordo com o ranking mais conhecido de inteligência canina, elaborado por Stanley Coren, o yorkshire terrier ocupa a 27ª, posição, sendo o mais inteligente dos terriers, qualificado como acima da média para um cão trabalhador.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o yorkshire é a 3ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Lola e Ted (veja o top 10 no fim do post!)

Média de idade: a a maioria dos yorkshires do Brasil tem entre 0 e 4 anos

Cidades do Brasil com mais Yorkshire Terrier

Campos dos Goytacazes – RJ

13%

Sapucaia do Sul – RS

11%

Nilópolis – RJ

10%

Palmas – TO

10%

Campinas – SP

10%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados