cachorro-shih-tzu-3

O olhar dócil, o focinho achatado e o longo pelo sedoso, típicos do shih tzu, são irresistíveis e conquistam fãs há séculos! Brincalhão e companheiro, esse cachorro não precisa de muito espaço para se exercitar e, por isso, vive muito bem em pequenas residências, como apartamentos, mas também se adapta em uma casa grande.

O shih tzu adora colo e segue o tutor pela casa. Os cachorros dessa raça não gostam de ficar sozinhos por muito tempo e precisam de atenção. São cães que alertam quando estranham algo – o que pode acontecer com certa frequência, dependendo da quantidade de ruídos que ele consegue ouvir de casa. Educar um shih tzu é um desafio que requer muita paciência e amor: ele sabe o charme que tem e abusa disso para tentar conseguir que as coisas sejam feitas do jeito dele.

Origem: China

Peso: 4-7 kg

Altura: 20-28 cm

Expectativa de vida: 10-16 anos

História

As informações mais antigas sobre o shih tzu remetem a documentos, pinturas e objetos de arte datados de 624 a.C. Há duas principais teorias sobre suas origens. Uma delas afirma que seus ancestrais foram um presente provavelmente comprado no império bizantino e dado por K’iu T’ai, rei de Viqur, para a corte chinesa. Outra defende que ela descende de cachorros vindos do Tibet. De qualquer forma, foi na China que o shih tzu como conhecemos hoje foi desenvolvido.

Durante a maior parte da Dinastia Ming, que governou a China entre 1368 e 1644, esse cachorro foi adotado como animal doméstico e era muito querido pela família real. Com a Revolução Comunista no país, a raça quase foi extinta. Hoje, todos os shih tzus descendem de 14 cachorros (sete machos e sete fêmeas). Alguns deles foram importados para a Inglaterra, onde a sua criação começou em 1930. Lá, a raça foi inicialmente categorizada como lhasa apso, mas depois o Kennel Club inglês separou o lhasa apso do shih tzu em duas raças distintas.

Características

Cores da raça

Os filhotes de shih tzu nascem com a pelagem escura, que vai clareando à medida que eles crescem. No quesito cores, é uma raça bem democrática e não há um padrão definido: todas as combinações são aceitas! Preto, cinza, marrom, vermelho, prata, branco e malhado são as tonalidades mais frequentes.

Temperamento do shih tzu

Charmoso, o shih tzu traz alegria e diversão para a casa. Está sempre disposto a brincar ou a ficar no colo – o importante é estar por perto da família! É um cachorro que costuma latir para as novidades, o que faz dele um verdadeiro cão de alerta. O adestramento pode ajudar a diminuir a frequência dos latidos.

Aliás, o cachorro dessa raça costuma ser fácil de treinar, mas também pode apresentar certa teimosia e perder o foco com facilidade. Isso pode dificultar um pouco o processo. Como às vezes pode ser teimoso, ele é conhecido por ser um desafio para educar – o que requer muito amor e paciência. Como é comum, os melhores resultados são obtidos quando o shih tzu é elogiado e recompensado ao acertar.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

O shih tzu se dá bem com todo mundo, o que inclui outros animais, pessoas estranhas e crianças. A socialização desde filhote é muito benéfica não somente para ele, mas também para qualquer cachorro. Em se tratando de crianças muito pequenas, é preciso tomar cuidado para que elas não machuquem os olhos do shih tzu, ainda mais se o cachorro for um filhote.

O shih tzu late muito?

O shih tzu late para avisar quando nota algo diferente. É um cão de alerta e para ele muitas coisas podem ser novidade, inclusive a voz de um vizinho. Por isso, controlar a frequência e intensidade do latido do cachorro é importante, especialmente para quem vive em apartamento, para não incomodar outras pessoas. Para essa missão, o adestramento é o melhor aliado.

A raça é destruidora?

Não. É uma raça tranquila, contanto que diariamente tenha atenção e atividades suficientes. Afinal, é um cão de companhia e adora passar o tempo com a família!

O shih tzu é agitado?

Como não tem tanta energia quanto outras raças, o shih tzu tem pouca exigência de atividade. Não é um cão agitado e prefere ficar no colo do tutor. O shih tzu faz parte das raças de cachorro com focinho achatado, o que quer dizer que ele tem dificuldades para respirar e não pode fazer exercícios muito longos ou intensos. Ao mesmo tempo em que é fã de brincadeiras, também pode ficar tranquilo e satisfeito no canto, dormindo esparramado em algum canto da casa.

Cuidados

Os longos pelos do shih tzu demandam grande parte dos cuidados com a raça. É importante dizer que ele não solta muito pelo, mas ao atingir a maturidade, a queda se acentua por um curto período de tempo, para que os pelos jovens sejam substituídos pelos de um adulto. Veja quais são os principais pontos de atenção para cuidar de um shih tzu:

– Colo: é sempre bem-vindo, mas é melhor não abusar muito. O hábito pode provocar problemas de coluna no cachorro e comportamento inapropriado, como latir sem motivo para outras pessoas e animais.

– Banhos: devem ser semanais.

– Olhos: os olhos proeminentes do shih tzu não devem ter contato com o topete, para evitar irritações. Além disso, a combinação desse aspecto com o focinho curto deixa os olhos expostos. Cuidado com os lugares em que ele vai farejar, para que os olhos não sejam feridos em quinas ou mesmo em um galho de planta. Mantenha os olhos dele limpos e seque bem quando fizer a higienização.

– Pelos: como o pelo da raça shih tzu é longo, a escovação deve ser diária para evitar nós e reduzir o acúmulo de sujeira. O alto nível de manutenção dos pelos exigido pela raça faz com que muitos tutores optem pela tosa. Para quem prefere manter a pelagem longa, a tosa higiênica é uma opção que ajuda a mantê-lo limpo por mais tempo.

Saúde

O shih tzu é saudável e não tem grandes problemas de saúde. Nesse aspecto, os principais destaques são a tendência à coprofagia (quando o cachorro come o próprio cocô ou de outros cachorros) e o focinho “amassado”. Como outras raças de cachorro, pode sofrer alguns problemas de saúde. Confira os principais:

– Focinho achatado: assim como o buldogue francês, o buldogue inglês, o pug e outros, o shih tzu faz parte do grupo de cachorros que tem focinho achatado (síndrome braquicefálica). Isso dificulta a respiração e o deixa mais sensível ao calor, frio e umidade intensos. Pelo mesmo motivo, ele não pode fazer exercícios físicos muito intensos (como corridas vigorosas).

– Comer cocô: o Shih tzu é propenso à coprofagia, nome dado ao ato de comer cocô. Os motivos são os mais diversos, mas o problema tem solução.

– Dentes: o cuidado com os dentes de um shih tzu não é diferente do que deve com todos os cachorros: o hábito de escovar os dentes os protege do tártaro e de infecções, além de afastar o mau hálito.

– Unhas: devem ser cortadas regularmente para evitar que cresçam demais e atrapalhem a locomoção do cachorro.

Nível de exercícios do cachorro

O shih tzu mantém a forma com exercícios que devem ser realizados em curtos períodos, uma ou duas vezes ao dia. É um cachorro que precisa ser estimulado para se manter ativo; por isso, brinque com ele! Pouco mais de 1 km por dia em caminhadas, ou 9 km por semana, são suficientes. A sugestão é de 30 minutos de atividades diárias, incluindo brincadeiras. Lembre-se de que o focinho amassado causa dificuldades na respiração do shih tzu, por isso ele não deve ser exposto a exercícios muito intensos ou por longos períodos.

Preço

Quem adorou a raça e quer ter um desses cachorros na sua casa deve se perguntar: quanto custa um shih tzu? O preço de um filhote de shih tzu pode variar de R$ 500 a R$ 4.500 — o valor foi calculado com base no preço dos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Nome: o nome shih tzu significa “leão” em chinês. Eles também são chamados de “the chrysanthemum-faced dog” (cachorro com cara de crisântemo, em português) porque o pelo do rosto cresce em todas as direções.

– Variações: é possível encontrar na internet algumas formas alternativas de grafia, como chitson, cheetos, sitzu, shiatsu, xitsu, chips, chitsu, schutz, shitizu e muitas outras. Todas estão incorretas. Só existe uma forma de escrever o nome dessa raça: shih tzu.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o shih tzu é a 2ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Mel e Ted (veja o top 10 no fim do post!)

Média de idade: a maioria dos shih tzu do Brasil tem até 1 ano

Cidades do Brasil com mais Shih Tzu

Anápolis – GO

2.6%

Goiânia – GO

2.1%

Águas Claras – DF

1.9%

Valparaíso de Goiás – GO

1.8%

São José do Rio Preto – SP

1.7%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados