raça de cachorro shiba

Com a aparência de uma raposa, musculoso, mas considerado pequeno em comparação aos cachorros da família spitz, o shiba vai te conquistar primeiro com seus pequenos olhos, rosto incrivelmente fofo e pelo macio – depois, pelo seu jeito bem-humorado e brincalhão!

Também conhecido como shiba inu e pequeno akita, o cachorro dessa raça é um ótimo cachorro de guarda, alerta, ágil e desconfiado com estranhos. Mas, com a família, é carinhoso e muito leal. O shiba tem personalidade forte e precisa de um tutor com pulso firme, pois é um cachorro muito confiante, atrevido e independente. Há quem diga que esse cachorro seja teimoso, mas, na verdade, é um cão de espírito livre, que faz o que deseja e, no fundo, é muito inteligente.

Origem: Japão

Peso: 7-11 kg

Altura: 33-43 cm

Expectativa de vida: 12-15 anos

 

História

Com as orelhas apontadas para o alto e a aparência que lembra uma raposa, o shiba é o menor, mais antigo e um dos cachorros mais populares do Japão. Embora tenha sido reconhecido oficialmente pelo American Kennel Club somente em 1993, a raça é uma das mais antigas de que se tem registro, com a origem datada por volta de 300 a.C. Outras teorias afirmam que esses cães existem há muito mais tempo. Arqueólogos encontraram indícios que remontam a cerca de 3 mil anos antes de Cristo.

Mesmo pequeno, o shiba é muito resistente, capaz de viajar por montanhas e colinas onde o homem não conseguia, e com uma excelente habilidade para a caça. Além de animais pequenos como pássaros, surpreendentemente, esse cachorro também era caçador de javalis. Em 1936, a raça shiba foi declarada como tesouro nacional japonês. Entretanto, na Segunda Guerra Mundial e devido a uma doença, a raça quase foi extinta, o que causou uma diminuição considerável no número de shibas . Para reverter o quadro e preservar a espécie, os criadores cruzaram as três variações da raça existentes à época, o Shinshu Shiba, o Mino Shiba e o Sanin Shiba.

O esforço em manter esse patrimônio cultural felizmente deu certo e esse adorável cachorro sobreviveu. Desde então, ganha cada vez mais popularidade e segue conquistando famílias pelo mundo.

Características

Cores da raça

O pelo liso do shiba apresenta colorações nítidas e intensas: vermelho (castanho com um rico tom avermelhado), preto e marcas bem definidas em tons de castanho e sésamo (pelos com pontas pretas e fundo vermelho, que dão a aparência de raposa aos cachorros da raça).

Em todas as cores, assim como no akita, é fundamental a presença de urajiro, um termo em japonês que descreve um pelo esbranquiçado nas bochechas e laterais do focinho, abaixo da mandíbula e do queixo, no peito e estômago, na parte inferior da cauda e na parte interna das pernas.

O shiba também pode ser branco ou creme, mas essa cor é considerada fora dos padrões estabelecidos pela American Kennel Club (AKC) porque dificulta (ou mesmo impede) a visibilidade das marcas de urajiro.

cores-shiba-1

Temperamento do shiba

Independente, atrevido e calmo, o shiba pode até ser reservado com estranhos, mas é leal e carinhoso com a família. Está sempre alerta e pode ser um ótimo cão de guarda, ao mesmo tempo em que também é bem-humorado e brincalhão. Mas não se engane com seu jeito fofo: há uma personalidade forte por trás de sua meiguice.

Embora seja muito inteligente e aprenda facilmente, é uma raça difícil de treinar e que requer um pouco de paciência. Há quem defina como teimosia, mas, na verdade, é apenas a natureza cheia de liberdade do shiba que comanda suas ações.

Se tem uma palavra que o shiba adoraria pronunciar com certeza seria “meu” ou “minha”. Além dos brinquedos, comida, água e a casinha que são realmente dele, o cachorro dessa raça também vai tomar posse da sua cadeira favorita, do seu sofá e, inclusive, do seu mundo. “É tudo meu”, o shiba diria.

De acordo com os japoneses, o temperamento do shiba pode ser descrito com três palavras que querem dizer coragem e ousadia, gentileza e bondade, e por fim, alerta e de espírito aberto. Combinadas com sua agilidade, pelo macio e seu rosto fofo, essas características tornam essa raça simplesmente irresistível.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

O shiba é um cachorro muito brincalhão e por natureza costuma se dar bem com crianças. Mas algumas dicas são importantes: é preciso ensinar os pequenos a serem gentis e carinhosos (assim como com qualquer outra raça), evitar se aproximar enquanto estiverem comendo ou tirar a comida do cachorro, pois eles são possessivos.

Em geral, a raça também costuma ser amigável com outros cachorros da casa. Mas é preciso adestramento e socialização desde filhote – caso contrário, ele pode ser um pouco agressivo. Com os demais animais de estimação, a situação pode ser um pouco mais difícil. Lembre-se que o shiba é um caçador nato e bichos pequenos, como um coelho ou furão, por exemplo, podem se transformar facilmente em sua presa.

Como tem características de um cão de guarda, o shiba pode ser um pouco reservado e até tímido com os estranhos. Está sempre alerta e pronto para defender o seu território. Com o adestramento, ele vai saber respeitar as suas visitas.

O shiba late muito?

Não. O shiba é um cachorro bem silencioso, no geral. Essa raça só late quando necessário e principalmente em situação de perigo, exercendo sua função de cão de guarda.

A raça é destruidora?

Pode ser, caso não seja treinado desde pequeno. Como acontece com a maioria dos filhotes, o shiba gosta de brincar devorando chinelos ou destruindo cantos de armários. Esse comportamento pode continuar e até piorar caso não receba adestramento adequado. É preciso ainda que o tutor tenha pulso firme para fazer o cachorro entender quem é o líder e obedecê-lo, pois a personalidade forte do shiba pode fazer com que o cachorro se ache no direito de assumir a liderança.

O shiba é agitado?

Depende. Embora seja ativo, o shiba é um cachorro calmo quando tem um nível de exercícios adequados. No entanto, seu instinto caçador pode aflorar diante de animais pequenos e fazê-los cavar ou escapar de casa em busca de sua presa.

Cuidados

O shiba não requer muitos cuidados, em geral. Mas é importante que cachorros dessa raça, embora possam viver bem em apartamento, tenham um quintal ou um lugar espaçoso para se exercitarem ou recebam um nível de atividades físicas adequadas como caminhadas, para que gastem sua energia. Veja outros cuidados:

– Banho: o shiba é um cachorro muito limpo e sem odor, que zela por não se sujar e, assim como os gatos, costuma fazer a sua própria limpeza. Além disso, possui uma impermeabilidade natural que pode ser perdida quando ele é molhado frequentemente. Portanto, banho somente quando necessário.

– Orelhas: é importante checar o ouvido e limpá-lo para evitar o acúmulo de cera e sujeira, que pode resultar em uma infecção.

– Unhas e dentes: é importante aparar as unhas regularmente a fim de evitar fissuras para não incomodar o shiba, bem como escovar seus dentes para zelar por sua saúde bucal.

Saúde

O shiba é um cachorro muito saudável e não costuma apresentar grandes preocupações. Por isso, é importante que o filhote seja adquirido por criadores responsáveis e que mostrem todos os cuidados e exames necessários, inclusive com os pais. No entanto, assim como em qualquer raça, é possível que alguns cães enfrentem dificuldades:

– Joelho: pode ocorrer a luxação patelar, que é quando há uma espécie de desencaixe das articulações do joelho (geralmente das pernas traseiras). Isso causa dor no cachorro e pode levar à perda da mobilidade.

– Quadril: doença hereditária, a displasia do quadril provoca uma má formação das articulações do quadril durante o desenvolvimento do cachorro, o que causa dor e incômodo. À medida que envelhecem, essa condição pode gerar novos problemas, como artrite.

– Olhos: alguns cachorros podem ter glaucoma, um problema ocular que pode levar à cegueira. Essa doença pode ser tanto hereditária como também causada por outras enfermidades que ataquem os olhos.

Nível de exercícios do cachorro

Por ser um cachorro criado para caçar, o shiba é bastante ativo e cheio de energia. Então prepare-se para brincar bastante com o seu amigo de quatro patas! Além disso, o shiba adora sair e caminhar sentindo o ar fresco. Estima-se que sejam necessários cerca de 13km semanais de caminhada para manter a saúde física e mental dessa raça ou então aproximadamente 60 minutos diários de atividades.

Preço

O shiba é um cachorro adorável, não é mesmo? Quem deseja ter um em casa deve se perguntar: quando custa um shiba? O preço pode variar de R$ 4.000 a R$ 8.000 – o valor foi calculado com base no preço de filhotes da raça nos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Herói da família: em 2004, um terremoto no Japão derrubou uma casa. Mari, um cachorro da raça shiba, ajudou a sua família a sair dos escombros e voltou para cuidar de seus filhotes. Os tutores foram obrigados a evacuar a área e só puderam voltar depois, quando descobriram que todos haviam sobrevivido. A história comoveu o país e foi transformada no filme “Mari to koinu monogatari” (A estória de Mari e seus filhotes), lançado em 2007.

– Como gatos: o shiba é uma das raças que mais se assemelham aos gatos, no sentido de serem independentes, difíceis de serem treinados e estarem sempre cuidando de si para se manterem limpos. Além disso, essa independência o torna uma das raças mais fáceis de criar, pois podem ficar por longos períodos sozinhos em casa – embora amem a companhia de seu tutor e se sintam melhor com eles, é claro.

– Sucesso na internet: o shiba é um dos cães mais queridos do Japão e muitos cachorros dessa raça se tornaram grandes sensações do Instagram, com contas que chegam a mais de 2 milhões de seguidores e mais de 100 mil curtidas em suas publicações.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o shiba é a 49ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Hannah e Yoshi (veja o top 10 no fim do post!)

Média de idade: a maioria dos shibas que vivem no Brasil tem até 1 ano

Cidades do Brasil com mais Shiba

Erechim – RS

2.1%

Araucária – PR

0.9%

Bento Gonçalves – RS

0.9%

Viçosa – MG

0.8%

Mogi Mirim – SP

0.6%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados