cachorro-pastor-alemao-3

O pastor alemão, também chamado de capa preta, ostenta em seu rosto a sua personalidade confiante e corajosa, enquanto suas atitudes costumam expressar toda a sua força, inteligência e instinto protetor. Ótimo companheiro, o pastor alemão é ideal para muitos perfis de família e verdadeiramente leal ao seu tutor. A raça é enérgica, ama aprender e agradar, e precisa de atividades físicas diariamente, além de brincadeiras e treinamentos. Essas características tornam a raça perfeita também para o trabalho: o pastor alemão atua muito bem como cão de guarda, policial, pastor, cão guia, entre outros.

Origem: Alemanha

Peso: 22-40 kg

Altura: 55-60 cm

Expectativa de vida: 7-10 anos

História

Derivado de antigas raças de pastoreio e cães de fazenda, o pastor alemão nasceu na Alemanha, originado inicialmente pelo desejo de criar uma raça trabalhadora e capaz de levar e patrulhar um grande rebanho.

Tudo começou no fim dos anos 1800 em um show de cães, realizado na região oeste alemã. Um dos animais chamou a atenção do capitão Max von Stephanitz. Era um cachorro que parecia um lobo, flexível e poderoso, com admirável inteligência, resistência e firmeza. Exercia a função de controlar e guiar o gado sem qualquer treinamento com apenas um único ensinamento: o da direção correta.

O capitão comprou o cachorro que conquistou a sua atenção e iniciou seus esforços em desenvolver a raça. O padrão, baseado na estabilidade mental e utilidade, foi rapidamente alcançado. Para seu criador, beleza era algo secundário e ele atuou fortemente para consolidar uma linhagem que se destacasse pela inteligência, temperamento e eficiência, a fim de que se tornasse útil ao homem. Posteriormente, o propósito de zelar pelas ovelhas da fazenda foi deixado de lado para que os pastores alemães atuassem com o exército alemão.

Em 1908, a raça foi oficialmente reconhecida pelo American Kennel Club (AKC). Hoje, é um dos cachorros mais populares, fruto da divulgação de clubes especializados ao redor do mundo, como o German Shepherd Club of America, nos Estados Unidos.

Características

Cores da raça

O pastor alemão tem uma ampla gama de cores e combinações, como preto com marcas marrom avermelhado, marrom, amarelo e cinza claro. Os cachorros dessa raça também podem ser completamente pretos ou cinzas com um sombreado mais escuro. Todas as colorações vêm em tons fortes e vívidos.

É possível encontrar cães de pelagem mais pálida, desbotada ou azulada. No entanto, não são admitidas no padrão da raça do American Kennel Club (AKC). O mesmo vale para o branco, tanto em marcas, como na coloração predominante.

 

 

cores-pastor-alemao-2

Temperamento do pastor alemão

A expressão destemida e imponente marca a personalidade única do pastor alemão. Mas não fique com medo de seu porte ou pela segurança e confiança que transmitem: cachorros dessa raça são calmos, equilibrados, e muito alertas quando a situação exige, mas jamais hostis.

É certo que os pastores alemães não fazem amizades indiscriminadamente, a menos que sejam treinados para aceitar estranhos. Apesar de “difíceis”, são amigos muito fiéis e de caráter incorruptível, ótimos companheiros para a família – embora escolham o membro preferido entre as pessoas da família – e estão sempre dispostos a agradar ou a atividades físicas. Necessitam ao menos de um treinamento básico de obediência, o que vai ajudar a fortalecer o vínculo com o tutor.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

Enérgico e divertido, o pastor alemão gosta de crianças e usa todo seu instinto de guardião para protegê-las, desde que seja estabelecido um relacionamento entre eles. Mesmo assim, a supervisão de seu tutor é importante para sempre ensiná-lo a lidar com os pequenos.

Com um treinamento adequado e um trabalho de socialização, essa raça também pode se dar bem com outros animais. Em relação a estranhos, os cães preferem manter um certo distanciamento e são caracterizados por não fazerem amizade facilmente. No entanto, são bastante inteligentes para aprenderem a socializar e a serem agradáveis com as visitas.

O pastor alemão late muito?

É um cachorro muito equilibrado e calmo naturalmente, o que faz dele bastante silencioso, latindo somente quando necessário. O pastor alemão pode latir muito caso fique entediado e sem exercícios físicos – o que também afeta a saúde e o comportamento do cão.

A raça é destruidora?

Pode ser. Pastores alemães gostam de mastigar e exigem atenção, especialmente quando são filhotes, durante a fase de dentição. A poderosa mandíbula desse cachorro pode destruir a maioria dos materiais, portanto, sofás e pés de cadeiras, por exemplo, podem ser facilmente danificados. Dessa forma, o treinamento é extremamente necessário, bem como exercícios físicos e o ensino de comandos para manter a saúde física e mental.

Quando ficam sem atividades, entediados e longos períodos solitários, podem desenvolver um comportamento mais ansioso e procuram se ocupar mordendo móveis, fazendo buracos enormes no jardim ou latindo.

O pastor alemão é agitado?

Sim! O pastor alemão é enérgico, ativo, adora correr e brincar e exige um alto nível de atividades físicas regulamente. Além disso, são indicados para casas onde tenham espaço para se exercitarem. No entanto, sua personalidade é calma, equilibrada e muito atenta.

Cuidados

Não é um desafio ter um pastor alemão em casa. Observando alguns detalhes, ele vai viver feliz e será um grande companheiro para toda a família.

– Adestramento: o pastor alemão é um cachorro de ação, ansioso por aprendizado e ocupação, portanto o treinamento é extremamente importante – tanto para estimular a sua inteligência, como para que ele não destrua a casa.

– Exercícios e atenção: como são cães ativos e originalmente criados para o trabalho, são cheios de disposição e precisam gastar energia com passeios, brincadeiras e corridas. O tédio, longas horas solitárias ou carência de atenção podem fazer com que se exercitem por conta própria, fazendo bagunças indesejadas.

– Banho e escovação: geralmente essa raça tende a ser bem limpinha e não precisa de banhos tão frequentes, somente quando necessário. Por outro lado, precisam ser escovados pelo menos duas vezes por semana, pois soltam bastante pelo.

– Dentes, unhas e orelhas: regulamente, é preciso se atentar em escovar os dentes para manter a saúde bucal, cortar as unhas para não incomodá-los e verificar as orelhas, a fim de evitar o acúmulo de cera ou resíduos que causem inflamações no ouvido do cachorro.

Saúde

O pastor alemão costuma ser cheio de saúde, no entanto, assim como qualquer outra raça, está sujeito a desenvolver problemas de saúde, que requerem atenção e cuidado. Veja os principais:

– Quadril: com a popularidade da raça e cruzas irresponsáveis, aumentou o número de problemas de saúde como a má formação das articulações do quadril (displasia coxofemoral), que causam dor e podem levar à paraplegia do animal.

– Cotovelo: na região do cotovelo, podendo chegar ao ombro, pode ocorrer a displasia de cotovelo, que é uma doença hereditária na articulação desse membro, que compromete a qualidade de vida do cachorro.

– Coração: como ocorre em diversas raças de médio e grande porte, o pastor alemão também pode sofrer de doenças no coração, seja por má formação, seja uma herança genética.

Nível de exercícios do cachorro

Exercícios são extremamente necessários aos pastores alemães, pois são muito ativos, adoram brincar, correr e passear. Além disso, as atividades mantêm a saúde mental, o vigor físico e estimulam a sua inteligência da rala. Então, separe pelo menos uma hora para intensa atividade para que o seu cachorro receba o estímulo diário necessário, chegando a cerca de 16km de caminhada por semana.

Preço

Depois de conferir toda a ficha, você se identificou com a raça e quer saber quanto custa um pastor alemão? O preço pode variar de R$ 500 a R$ 5.000 — o valor foi calculado com base no preço de filhotes da raça nos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Primeira Guerra Mundial: durante a Primeira Guerra Mundial, o pastor alemão atuou ajudando os soldados alemães com entregas de alimentos e de outros suprimentos. O seu ilustre trabalho chamou a atenção, gerando uma grande procura pela raça na Segunda Guerra Mundial.

– Um único tutor: o pastor alemão é conhecido como cachorro de “um único tutor”, pois tem uma grande tendência a se apegar mais e dedicar toda a sua lealdade e fidelidade a um único membro da família – ou pelo responsável por cuidar dele.

– Astro de cinema: os cães dessa raça já brilharam em inúmeros filmes e séries de TV, seja como protagonista ou coadjuvante, como em “K- 9, um policial bom para cachorro”, de 1989, em “Rin Tin Tin”, de 2007, e em “Eu sou a lenda”, de 2007.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o pastor alemão é a 23ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Hannah e Duke (veja o top 10 no fim do post!)

Média de idade: a maioria dos pastores alemães do Brasil tem até 1 ano

Cidades do Brasil com mais Pastor Alemão

Mairiporã – SP

5.8%

Itabira – MG

5.7%

Porto Seguro – BA

5.7%

Alfenas – MG

3.4%

Campos do Jordão – SP

3.1%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados