husky siberiano cachorro de porte grande

À primeira vista, sua cara de lobo e seu porte podem ser intimidadores, mas o husky siberiano é, na verdade, amigável, gentil e sociável, além de muito trabalhador. Também conhecida como cão de trenó, essa raça foi criada com a companhia de humanos e outros animais para transportar cargas e pessoas, e ter uma convivência pacífica com todos. Isso resultou não só em sua impressionante resistência física e vontade de trabalhar, mas também em um temperamento agradável, de boa convivência e muito extrovertido.

Originado no nordeste da Ásia, essa raça possui uma espessa camada protetora de pele e pelos, como se fosse um casaco, que o mantém quente e com uma excepcional tolerância ao frio, mesmo em temperaturas congelantes. Essas características o tornam adequado para viver em cidades de clima mais ameno.

Origem: Rússia

Peso: 15-27 kg

Altura: 50-60 cm

Expectativa de vida: 12-15 anos

História

O husky siberiano foi desenvolvido na Rússia por uma tribo indígena conhecida como Chukchi, em algum momento da pré-história. Inicialmente, eram usados para caçar e depois começaram a puxar os trenós. Isso permitiu não só a realização de mais viagens e com muito mais rapidez, como também garantiu que a tribo pudesse prosperar e sobreviver. O trabalho deu aos cães a fama por sua resistência, enquanto o ambiente frio evoluiu a sua tolerância às baixas temperaturas.

Os cachorros da raça husky siberiano eram integrantes do povo Chukchi e foram criados também para serem companheiros que pudessem viver em harmonia nas casas. Isso torna o husky siberiano bastante sociável, tanto com outros animais, como com pessoas e crianças.

Um ato heróico em 1925 fez com que, cinco anos depois, o husky siberiano fosse reconhecido como raça pelo American Kennel Club (AKC). Durante o inverno, uma epidemia de difteria atingiu a cidade de Nome, no Alasca, colocando cerca de 10 mil habitantes em risco. Diversas equipes de huskies percorreram quase 600 km para levar medicamentos aos moradores da região. A viagem, que levaria cerca de 25 dias, foi realizada em menos de seis em condições insustentáveis. Desde então, a popularidade e a admiração só aumentaram.

Características

Cores da raça

O pelo pode apresentar uma ampla gama de cores e combinações, variando do preto até o mais puro branco. As cores padrão são branca; branca com preto; uma mescla das cores marrom, amarela e preto; cinza; vermelha e preta.

No entanto, existem diversas combinações de cores e marcações que fogem dessa estética, como, por exemplo, marrom e branco, todo preto, cinza e preto, também reconhecidas pelo American Kennel Club(AKC).

cores-husky-siberiano-1

Temperamento do husky siberiano

O husky siberiano foi criado para trabalhar, atuar em equipe, viver com a família e com outros animais. Por isso, é amigável, extrovertido e gosta de brincar. Costuma se dar bem com todos e, inclusive, precisa da companhia de outras pessoas ou animais, pois ele não gosta muito de ficar sozinho. O cão dessa raça é também atlético, aventureiro e cheio de energia, necessitando de exercícios intensos regularmente – o que ajuda a conter outra característica de seu temperamento: a habilidade para fugir.

Geralmente, isso ocorre quando o husky siberiano fica entediado. Para evitar que isso ocorra, é importante que ele receba atenção, bem como tenha um local em que possa correr e brincar em segurança. Grades altas também são ótimas aliadas para dificultar a fuga. Além disso, é importante e recomendado adestrá-lo e ensiná-lo desde pequeno, pois essa raça bastante teimosa. Os donos precisam ser muito seguros e capazes de se impor, para que o husky entenda quem é “o líder da matilha”.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

Os cães da raça husky siberiano costumam ser bem sociáveis e ótimos para lares com crianças e com outros cachorros. Eles gostam de fazer parte da família e de ter a companhia dos outros, seja um animal ou um ser humano.São carinhosos e brincalhões com todos, inclusive com estranhos. Logo, sua visita será bem recebida pelo seu husky. Por outro lado, sua sociabilidade os torna péssimos cães de guarda. Embora possam assustar com o seu porte, a raça costuma ser dócil com qualquer um.

O husky siberiano late muito?

No geral, essa raça é bem silenciosa e não costuma latir muito. Entretanto, devido à sua história e local de origem, eles estão habituados a uivar, o que pode ser amenizado com treinamento para não incomodar os vizinhos.

A raça é destruidora?

O husky siberiano é conhecido como trabalhador e cheio de disposição, exigindo bastante atividade para gastar toda essa energia. Quando não faz exercícios, passeia pouco ou se sente entediado, pode ter a sanidade afetada, tornando-se agressivo e destrutivo. Deixá-lo por muito tempo sozinho em casa ou sem atenção faz dele um verdadeiro demolidor. Vale lembrar que huskies siberianos eram cachorros de trenós e adoram puxar coisas.

O husky siberiano é agitado?

Huskies são bastante enérgicos e vivem melhor em residências com espaços abertos e uma área adequada para que possam correr e brincar. Por isso, não são muito indicados para apartamentos — requerem passeios e corridas regulares.

Cuidados

– Requer espaço: um dos pontos mais importantes no cuidado dessa raça é a atividade física. Para preservar a saúde, vigor físico e mental, é extremamente importante que o husky siberiano gaste toda a sua carga energética – uma vez que ele é capaz de correr milhas e milhas sem se cansar.

– Pelo: outro cuidado necessário é com a escovação do pelo, que deve ser feita diariamente — quando a queda de pelo se intensifica para a troca — e ao menos uma vez por semana nos demais períodos.

– Banho: os cachorros dessa raça são bem limpos, pois eles mesmo se higienizam, assim como os gatos, além de não possuírem cheiro.Por isso, não devem ser banhados mais que uma vez por mês (a menos que haja necessidade) e toda vez que tomarem banho, precisam ser completamente enxaguados e secos, a fim de evitar problemas futuros na pele.

Saúde

Em geral, o husky siberiano é bastante saudável, mas, como todas as raças, pode eventualmente ter alguns problemas de saúde, como doenças nos olhos e displasia do quadril (quando há alteração na conexão entre a cabeça do fêmur e a estrutura que liga a pélvis ao fêmur).

– Dieta:  o husky siberiano é capaz de manter um peso saudável e ingerir bem menos comida que outras raças de mesmo porte. Afinal, ele foi criado para encarar longas distâncias, em baixas temperaturas e tudo isso em um ritmo acelerado com ingestão reduzida de alimentos. É importante que a sua dieta seja baseada em proteínas de alta qualidade e que ele não ganhe excesso de peso, para evitar a obesidade. Mais magro, o husky siberiano viverá por mais tempo, feliz e saudável.

Nível de exercícios do cachorro

Eles são ativos, criados para correr quilômetros e suportar peso, ou seja, é um cachorro que necessita muito de exercícios, como longas caminhadas ou corridas – todos os dias! Não é à toa que o ideal são 90 minutos de atividades diárias, com caminhadas de cerca de 22,5 km por semana, o que dá um pouco mais de 3 km por dia.

Preço

Você deve estar curioso para saber: quanto custa um husky siberiano? O preço pode variar de R$ 600 a R$ 3.000 — o valor foi calculado com base no preço de filhotes da raça nos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Soldado: os cães siberianos tiveram uma notável atuação durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhando na busca e salvamento de soldados do Exército Americano.

– Herói: após o auxílio prestado às milhares de pessoas durante o surto de difteria em 1925 no Alasca, foi inaugurada no Central Park, em Nova York, uma estátua de Baldo, o líder da matilha, em homenagem aos cachorros e a esse incrível episódio.

– Caçador: os huskies podem não ser bons cães de guarda, mas possuem grande instinto caçador e tendem a perseguir pequenos animais como gatos e pássaros. Por isso, é importante sempre mantê-los cercados e seguros.

– Resistência: eles são capazes de controlar o seu metabolismo para usufruírem de sua energia, com pouca ingestão de comida, sem gastar sua reserva de gordura – e tudo isso de forma tranquila, sem chegar à exaustão.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o husky siberiano é a 32ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Mel e Logan (veja o TOP 10 no fim do texto!)

Média de idade: a a maioria huskies siberianos que vive no Brasil tem entre 5 a 7 anos

Cidades do Brasil com mais Husky Siberiano

Boa Vista – RR

3.8%

Camaragibe – PE

3.5%

Governador Valadares – MG

3.2%

Caruaru – PE

2.7%

Feira de Santana – BA

2.6%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados