Muitos cachorros de grande porte costumam ser intimidadores pelo seu tamanho. No entanto, o golden retriever, também conhecido como yellow retriever, parece fugir à regra. O golden conquista pessoas de todas as idades com sua expressão brincalhona e amigável, que além de estampar seu rosto, está presente em sua personalidade.

Os cachorros dessa raça adoram brincar e se dão bem com qualquer um, inclusive com estranhos, crianças e outros animais. Por isso, são companheiros muito leais para famílias, especialmente quando seu tutor gosta de esportes. O golden retriever ama agradar e também se destaca por sua inteligência e obediência.

Origem: Escócia

Peso: 25-34 kg

Altura: 56-60 cm

Expectativa de vida: 10-12 anos

História

Os registros indicam que a origem da raça golden retriever ocorreu na era vitoriana. Esses cães surgiram pelo desejo de um cachorro de tamanho médio que conseguisse entrar na água gelada e nadar, para pegar peixes, bem como percorrer mata adentro para perseguir aves selvagem. No início dos anos 1800, a caça era ao mesmo tempo esporte e fonte de alimento.

Com o aumento pela procura desses cães, os registros de 1850 a 1890 indicam que Dudley Coutts Marjoribanks, um barão que vivia nas proximidades de Irverness, na Escócia, tenha originado o golden retriever do cruzamento entre um retriever (de pelo ondulado e amarelado) e uma tweed walter spaniel (de cor amarelo escuro e pelagem crespa). Os filhotes surgiram com a promessa de serem ótimos caçadores. No início, a raça era vista apenas como uma variação de cor do retriever. Somente em 1932 foram reconhecidos pelo American Kennel Club (AKC) e devidamente registrados como golden retriever.

Características

Cores da raça

Como o próprio nome já diz, a cor da pelagem do golden retriever é dourada, dourada clara ou dourada escura, de acordo com os padrões da American Kennel Club (AKC).

Tonalidades um pouco mais claras ou escuras são normais, mas não devem ser confundidas com marcas brancas que fogem do padrão – a não ser na velhice, quando é normal que os cabelos brancos apareçam. Vermelha, mogno (marrom avermelhado) ou qualquer outra coloração não é reconhecida como oficial.

Temperamento do golden retriever

Originalmente, o golden retriever era usado para caçar em situações difíceis de serem encaradas, o que o tornou forte e trabalhador. Além disso, são cachorros muito inteligentes, obedientes, gostam de aprender e agradar, o que os torna ainda mais adequados para o trabalho, seja como caçador, cão-guia, de resgate e de terapia, seja como um companheiro devotado.

Em casa, os golden retrievers são brincalhões, amigáveis com todos e bastante enérgicos. Isso significa que precisam de atenção e não dispensam uma brincadeira, assim como necessitam de muitos exercícios diários para manter sua saúde física e mental. Golden retrievers não gostam muito de ficar longos períodos sozinhos e sem se exercitar – eles podem se sentir infelizes e desenvolver uma personalidade diferente da normal, até destruidora. Cachorros dessa raça também precisam muito de treinamento, pois estão sempre prontos para aprender novos comandos e agradar os membros da família.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

A personalidade amigável e sociável faz com que o golden retriever se relacione bem com todos, inclusive com estranhos e outros animais. Aliás, ele adora companhia e é também um ótimo parceiro para a garotada. A raça tem um forte instinto de proteção e lealdade, além de ser enérgica e adorar brincar. Mas até que o cachorro atinja a adolescência ou fase adulta, é preciso ter supervisão do tutor no caso de crianças muito pequenas.

Cachorros dessa raça podem desenvolver certa rivalidade, mas não porque são maldosos, e sim no sentido de encarar crianças como irmãos, tratando-as como iguais. Por essa razão, podem brincar com mais agressividade, sem ter noção de seu tamanho e de sua potência.

O golden retriever late muito?

Não. Cachorros dessa raça não costumam latir muito, somente quando necessário – especialmente quando são bem treinados. Podem latir mais quando deixados por muito tempo sozinhos ou quando não têm atenção, ou um baixo nível de atividades, o que pode deixá-los agressivos.

A raça é destruidora?

Pode ser. O golden retriever é muito enérgico e agitado, especialmente quando filhote. Por isso, o ideal é que ele tenha bastante espaço para brincar e gastar toda essa energia, além de passeios ou corridas diárias, para evitar que desenvolva uma personalidade agressiva e destruidora. Além disso, é preciso treiná-los e ensiná-los desde pequenos, pois são desastrados (podem demorar a ter noção do próprio tamanho!).

golden retriever é agitado?

Sim, muito! Com uma personalidade brincalhona e cheia de energia, os cachorros dessa raça estão sempre dispostos a aprender, passear e interagir. Por isso, é preciso ter bastante disposição para acompanhar seu golden e força para controlá-lo durante os passeios, pois adoram pular e puxar a guia.

Cuidados

– Banho: une duas paixões do golden retriever: brincar e água! Isso resulta em uma incrível capacidade de se sujar. Facilmente, esses cães encontram lama e poças d’água e se divertem nelas. Por essa razão, precisam de banhos regulares, já que não vai ser difícil encontrar lama e sujeira neles. Aliás, esteja preparado para entrar no banho com eles, pois eles veem o banho como uma brincadeira.

– Escovação: o pelo dessa raça não costuma embaraçar. No entanto, exige escovação duas vezes por semana, que também ajuda na troca de pelo, que ocorre duas vezes por ano.

– Atenção: disposição para brincar e passear, além de muita força e controle sobre o cachorro, são fundamentais em um tutor de golden retriever. Afinal, são cães que gostam de atenção, de agradar e conviver com a família.

– Unhas e dentes: as unhas devem ser cortadas a cada duas ou três semanas e os dentes precisam ser escovados pelo menos uma vez por semana.

Saúde

Embora sejam muito saudáveis em geral, golden retrievers podem ter alguns problemas de saúde, como todas as raças. Nesse caso, os desafios mais comuns são:

– Quadril: a displasia de quadril é uma doença genética que causa má formação das articulações do quadril durante o crescimento do cachorro. Além de fazer o cão sentir dor, a condição costuma causar artrite, agravando o problema.

– Cotovelo: a displasia de cotovelo é uma doença que impede o desenvolvimento da cartilagem da articulação do cotovelo, o que a torna grossa e danificada. Pode causar dores crônicas de nível leve a grave, além de deixá-los propensos à artrite.

– Coração: alguns cães possuem um defeito no coração, geralmente causado por fatores genéticos e de alta complexidade. A grande dificuldade está em descobrir a doença para tratá-la, uma vez que os cães quase não demonstram a existência do problema.

– Olhos: golden retrievers têm tendência a desenvolver problemas na visão, por isso é importante ficar atento aos olhos do cachorro.

Nível de exercícios do cachorro

Por ser enérgico e agitado, o golden retriever tem grande disposição para brincar e adora um passeio ao ar livre. Essa raça necessita de cerca de 60 minutos diários de atividade, com caminhadas de aproximadamente 20km por semana (ou quase 3 km por dia), além de muitas brincadeiras e diversão ao longo do dia.

Preço

Para quem deseja ter um filhote dessa raça, é preciso saber: quanto custa um golden retriever? O preço pode variar de R$ 700 a R$ 7.000 — o valor foi calculado com base no preço de filhotes da raça nos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Cinema: o cachorro dessa raça foi protagonista do filme Bud, o cão amigo, em 1997. O grande sucesso dessa fofura gerou sequências: Bud 2, o atleta de ouro (1998), Bud 3, jogando futebol (2000), Bud 4, é uma jogada perfeita (2002), Bud 5, arrasando no vôlei (2005) e Bud, uma nova confusão (2006).
– Obediência: os primeiros três cachorros a alcançarem o título de campeões de obediência do American Kennel Club (AKC) eram golden retrievers.
– Popular: A raça figura entre as mais populares dos Estados Unidos e do Brasil, presente não só nas casas, como também na mídia. Também é uma das das favoritas para estrelar em propagandas, programas de TV e filmes.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o golden retriever é a 8ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Mel e Zeus (veja o top 10 no fim do post!)

Média de idade: a maioria dos golden retrievers do Brasil tem entre 0 e 4 anos

Cidades do Brasil com mais Golden Retriever

Itapecerica da Serra – SP

9%

Santana de Parnaíba – SP

9%

Bragança Paulista – SP

8%

Imbituba – SC

7%

Mairiporã – SP

7%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados