cachorro chihuahua

Os chihuahuas são pequenos no tamanho (é a menor raça do mundo!), mas são grandes no quesito animação. São capazes de surpreender com a sua energia e vontade de brincar, o que os torna cachorros ideais para a família. Inteligentes e muito devotos ao seu tutor, esses cachorros são capazes conquistar qualquer um com a sua personalidade única, segura e atrevida – sem falar em sua admirável inteligência.

Origem: México

Peso: 1-3 kg

Altura: 15-23 cm

Expectativa de vida: 12-20 anos

História

O chihuahua leva esse nome porque nasceu no estado mexicano de Chihuahua. Embora sua história seja bastante intrigante, evidências arqueológicas e registros milenares afirmam que os cachorros dessa raça são descendentes do techichi, um cachorro nativo que vivia lá há muito tempo, por volta de 300 a.C.

O techichi era um cão muito pequeno, usado na religião tolteca em cerimônias de sacrifício. Quando uma pessoa falecia, o cachorro era sacrificado e cremado junto, pois acreditava-se que o animal guiaria as almas em paz ao submundo. Em vida, eram adorados por suas famílias. Aliás, apesar de bem cuidados, os cachorros possivelmente também serviam de alimento aos astecas. Existe também a teoria de que o chihuahua nasceu na China e chegou ao ocidente graças à ação de comerciantes.

Apesar de carregar uma história um tanto sinistra, o passado mais recente do chihuahua traz popularidade e arrebata fãs em diversos países. Desde que foi registrada no American Kennel Club (AKC), a raça ganhou mais notoriedade, conquistando inclusive celebridades e artistas famosos, e brilhando na mídia.

Características

Cores da raça

Há uma ampla gama de cores, marcações e combinações que colorem a pelagem do chihuahua, como branco, preto, chocolate, vermelho e creme, entre outras. Todas as cores são reconhecidas pela American Kennel Club, seja em cor única, com demarcações ou manchas. Qualquer que seja a tonalidade, todos os cachorros dessa raça trazem todo o seu charme e elegância em seu pelo.

Temperamento do chihuahua

Considerado o menor cachorro do mundo, o chihuahua é alerta, gentil e resistente. Seu charme e fofura conquistam a família toda. São cachorros muito devotos e leais ao seu tutor. Os chihuahuas possuem inteligência acima da média, aprendem rápido e trazem em sua personalidade características da família terrier, como autoconfiança e segurança.

Cheios de vida e muito animados, cachorros dessa raça também são conhecidos por serem temperamentais e atrevidos. O adestramento pode ajudar a torná-los mais obedientes e parceiros e controlar uma eventual agressividade.

Este pequeno cachorro não tem noção de seu tamanho. Caso desenvolva um comportamento combativo e bruto, o chihuahua não vai hesitar em desafiar cães de qualquer porte.

A raça com crianças, estranhos e outros animais

Embora sejam muito dóceis, chihuahuas costumam ser reservados com estranhos e podem ser ciumentos com seu tutor. Já com outros cachorros e animais, a convivência pode ser bem pacífica. No entanto, é recomendado que o treinamento de socialização seja feito ainda enquanto filhotes, para que não se tornem agressivos ou tímidos.

Essa raça é geralmente muito gentil e brincalhona com a garotada, mas é preferível que sejam crianças maiores. Os pequenos podem correr atrás deles ou cercá-los e o cachorro pode entender a atitude como provocação – e tentar se defender.

O chihuahua late muito?

Não. No geral, os chihuahuas latem somente quando necessário. Entretanto, como têm personalidade única, alguns podem se sentir muito seguros de si e latir para outros cães, enquanto outros, mais tímidos, quase nunca ousam latir.

A raça é destruidora?

Pode ser, especialmente quando filhote – como qualquer outro cão. Cachorros dessa raça são bem animados e precisam ser educados desde pequenos para não destruírem os móveis e objetos da casa. É claro que um chihuahua não tem a mesma capacidade para acabar com um sofá como um boxer, mas não se deixe enganar: esses cachorrinhos podem deixar suas marcas pela casa, mordendo móveis, rasgando tecidos e quebrando coisas.

O chihuahua é agitado?

Sim. Os chihuahuas são atrevidos e animados. Adoram correr e brincar até cair de cansaço: o tamanho da energia pode surpreender, mesmo sendo um cachorro tão pequeno.

Cuidados

Como todas as raças, alguns cuidados são importantes para garantir a qualidade de vida do chihuahua. Confira os principais:

– Banho: um chihuahua deve tomar banho uma vez por mês ou a cada dois meses. E você ainda pode limpar o pelo, se necessário, com uma toalha úmida entre os banhos.

– Escovação: tanto os cachorros de pelos curtos como os de pelos longos precisam ser escovados semanalmente, com escovas específicas para cada tipo.

– Dentes: o ideal é escovar os dentes todos os dias para manter a saúde bucal e evitar a extração de dentes ou problemas na gengiva. Caso não seja possível, procure fazê-lo ao menos duas vezes por semana.

– Temperatura: o chihuahua é muito sensível, frágil e pouco resistente às baixas temperaturas. Por isso, ele não deve dormir ou viver fora de casa – o que os torna perfeitos para apartamentos. Roupinhas e mantinhas são ótimas pedidas e necessárias para mantê-los aquecidos nos dias frios.

Saúde

Geralmente, os chihuahuas são cachorros bastante saudáveis e dificilmente apresentam doenças graves. Não é à toa que possuem vida longa – são capazes de viver até 20 anos. Mas, como todas as raças, também está suscetível a enfrentar alguns desafios em sua saúde.

– Joelho: não é uma preocupação corriqueira, mas o chihuahua pode ter luxação da patela, quando o osso do joelho se desloca da articulação. É uma doença comum em cachorros de raças pequenas.

– Infecções: os ouvidos, dentes e olhos do chihuahua têm propensão a ter infecções. Reduza os riscos mantendo-os limpos.

Nível de exercícios do cachorro

Conhecidos por serem animados, os chihuahuas adoram brincar, correr e têm um nível de energia que pode surpreender, levando em consideração o seu tamanho. Como todo cachorro, eles precisam passear regularmente. Cerca de 30 minutos diários são o suficiente, ou cerca de 9km por semana. Mas é preciso estar atento ao nível de cansaço deles, principalmente em dias quentes, pois costumam se exercitar até cair se não houver a supervisão do tutor.

Preço

Depois de conhecer mais e considerar todas as particularidades da raça, você quer saber quanto custa um chihuahua? O preço pode variar de R$ 1.000 a R$ 8.000 — o valor foi calculado com base no preço de filhotes da raça nos principais sites de venda do país.

Antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom! 🙂

Curiosidades

– Coloração: o American Kennel Club (AKC) lista mais de 40 cores oficiais dessa raça, permitindo todas as variações, de cor única ou não. Isso torna o chihuahua um dos campeões em número de colorações de pelagem.

– Astro de cinema: Hollywood já descobriu o talento dessa raça para conquistar o público e atuar em grandes produções. A raça atuou em filmes como “Legalmente loira” (2001), “Legalmente loira 2” (2003) e “Perdido para cachorro” 1, 2 e 3 (2008, 2011 e 2012, respectivamente).

– Thinker Bell: uma das chihuahuas mais famosas foi a saudosa Thinker Bell, a cachorra de Paris Hilton, que faleceu em 2015. Com a socialite, ela participou de programas de TV, festas, eventos e campanhas publicitárias.

Censo Canino

Ranking de popularidade: o chihuahua é a 24ª raça mais popular no Brasil

Nomes mais comuns: Frida e Bento (veja o top 10 no fim do post!)

Média de idade: a maioria dos chihuahuas que vivem no Brasil tem até 1 ano

Cidades do Brasil com mais Chihuahua

Cascavel – PR

3.2%

Ilhéus – BA

2.5%

Criciúma – SC

2.5%

Itaboraí – RJ

2.4%

Rio de Janeiro – RJ

2.3%

Gostou? Compartilhe!

Experiências com Chihuahua

  1. Thay , 3 meses anos

    Saúde

    Sociabilidade

    Energia

    Facilidade de treinar

    Nível de cuidados

    Nunca estive tão apaixonada por um cachorrinho.
    Ela é:
    a. Alegre
    b.Resistente as quedas
    c.Carinhosa
    d.Participativa
    e.Aprontadora (disfarsada)
    f.Ciumenta
    g.Gulosa
    h. Animadíssima, para o que der e vier.

    24 de outubro de 2018

Compartilhe sua experiência

Saúde

Socialidade

Energia

Facilidade de treinar

Nível de cuidados