Conhecer previamente o cãozinho que você pretende hospedar é fundamental para que a estadia seja um sucesso!

O que é pré-encontro? ❓


O pré-encontro é uma prática que nós recomendamos para que você possa conhecer pessoalmente seu futuro hóspede antes de aceitar a reserva. Esse primeiro contato te ajudará a entender melhor a personalidade, os hábitos e as necessidades do cãozinho, além de verificar se você poderá, ou não, hospedá-lo.


Onde o pré-encontro deve acontecer? 🏡

Recomendamos que você combine com o cliente de encontrá-lo em um local público onde vocês possam levar seus pets. Uma praça, um parque ou algum lugar específico para passeios com cães são ideais, principalmente se próximos à sua casa. Fazendo esse encontro em um local neutro você evita atitudes territorialistas por parte dos pets pois nenhum deles estará em seu próprio território. Isso facilita a apresentação e o primeiro contato deles.  

Se você se sentir seguro e confortável, tem total liberdade para realizar o pré-encontro em sua própria casa ou até mesmo nas áreas de convivência do prédio. Alguns clientes fazem questão de conhecer, além do Anfitrião, o espaço onde o cachorrinho dele ficará hospedado.

Em alguns casos vale até fazer um pré-encontro mais longo de algumas horinhas ou de um dia inteiro. Se você achar que um encontro de alguns minutos não é suficiente, converse com o tutor e combine com ele do cãozinho passar o dia com você. Lembre-se de fazer a reserva desse dia para que, enquanto estiver sob os seus cuidados, o cãozinho tenha todo o suporte da nossa equipe. 😉

Two golden retriever dogs on the old road.

O que deve ser observado no pré-encontro? 👀

  1. como o seu cachorrinho irá interagir com o futuro hóspede;
  2. como o futuro hóspede irá interagir com você;
  3. como ele se comporta na presença do tutor.

Aproveite esse encontro para tirar suas dúvidas sobre o comportamento, hábitos, rotina, saúde e necessidades do seu hóspede. Se possível e de forma sutil, confira se ele não está com pulgas ou carrapatos, se ele está apresentando algum sintoma diferente e se aparenta estar saudável.

Apresentando os pets 🐩

Durante o encontro, na hora de apresentar os cachorros, mantenha-os sempre na coleira, e peça para que o cliente faça o mesmo. Essa é uma medida de segurança para evitar possíveis fugas e, em caso de desentendimento, possibilita que os tutores tenham maior controle sobre seus pets.

Aproxime-os aos poucos mantendo certa distância e observando como ambos reagirão. Se eles apresentarem sinais de estranhamento como olhares fixos, pelos eriçados, rosnados ou latidos, não incentive esse tipo de comportamento, seja firme e diga “Não!”.

Continue aproximando-os com cautela e observando o comportamento e as reações. Essa ambientação inicial pode levar algum tempo, mas é importante para que eles criem aproximação e comecem a interagir. Nem todos os pets se adaptam rápido. Por isso, não desista logo de início, seja paciente!

Por outro lado, se logo de início os pets já demonstrarem entusiasmo e bom comportamento na presença um do outro, recompense-os com carinho, palavras de incentivo ou até mesmo pequenos petiscos para que eles compreendam que estão fazendo algo positivo.

shutterstock_71053294

E se o pré-encontro não for bem sucedido? 👎

Durante o pré-encontro, mesmo com os seus esforços, os pets podem brigar ou não socializarem bem. Neste caso, se mesmo você insistindo e tentando eles não se derem bem, nossa recomendação é que você não aceite a hospedagem. Assim você evitará possíveis brigas durante a estadia e uma experiência negativa para ambas as partes.

Você pode aceitar reservas sem fazer pré-encontro, até mesmo porque algumas são de última hora, mas lembre-se que isso é um risco, pois o cãozinho pode não estar dentro do que você se propõe a hospedar, e isso pode gerar o cancelamento da hospedagem. Se a reserva já estiver confirmada em sistema, entre em contato conosco para que possamos providenciar o cancelamento.

Se não for possível realizar o pré-encontro, pergunte tuuudo sobre o seu futuro hóspede ao tutor! Assim, mesmo não o conhecendo pessoalmente, você terá bastante informações sobre a rotina dele, o temperamento, os costumes e as necessidades. Clique aqui para saber o que perguntar ao cliente.

shutterstock_459033349

Tanto para pré-encontros em locais públicos quanto em sua própria residência, alguns detalhes são importantes:

Local Público

  • Esteja apresentável e com uma boa aparência (não precisa ser formal, mas roupas amassadas e jeito de quem acabou de acordar também não é bacana);
  • Se você tiver um cãozinho, certifique-se de que ele está limpinho e de pelos penteados.

Em sua própria residência

  • Mantenha a casa limpa e organizada;
  • Guarde objetos e petiscos do seu cachorrinho para evitar brigas.

Nas duas situações:

Seja simpático, solícito e se esforce para que o pré-encontro seja um sucesso! Tente apresentar os cãezinhos aos poucos, deixe que eles se cheirem e faça a mediação dessa primeira interação entre eles. Em algumas situações os pets podem se estranhar no primeiro contato, e é muito importante manter a calma e tranquilizar o tutor.

Seja sempre receptivo com o tutor do cãozinho, pois assim como você, ele também pode ter dúvidas. Por isso, responda as perguntas que ele fizer e se mostre empenhado em proporcionar uma ótima estadia para o pet!

Realizar o pré-encontro não significa que você não poderá ter dificuldades durante a hospedagem. Afinal, longe dos tutores os pets podem apresentar comportamentos diferentes. Mesmo assim, encontrando previamente o cliente você terá uma ideia de como é esse cãozinho, poderá tirar suas dúvidas sobre ele e, principalmente, transmitir confiança para o seu cliente. 😉