Cachorros podem estragar e comer algum objeto que esteja ao alcance deles, e isso pode acarretar num problema sério de saúde. Saiba o que fazer para evitar esse tipo de situação!

Cachorros que destroem objetos são mais comuns do que pensamos. O ideal é que em todas as estadias você possa supervisionar os hóspedes em tempo integral. Afinal, você está cuidando do cãozinho de outra pessoa que possui hábitos e comportamentos com os quais você não está acostumado. Sabemos que nem sempre é possível monitorar cada passo deles, então, tome cuidado com objetos espalhados pela casa. Seus hóspedes podem encontrar e danificar mochilas, armários, sofás, tapetes, móveis, carregadores e qualquer outra coisa que estiver ao alcance deles sem o devido cuidado ou proteção.

Eles não fazem por mal, mas podem enxergar esses objetos como coisas que os divirtam, como brinquedos, ou até mesmo confundi-los com alimentos. Por isso, o primeiro passo para evitar danos é dificultar a entrada dos cachorros em áreas com móveis e objetos de valor, especialmente se eles não forem adestrados. Cachorros podem estragar e comer algum objeto que esteja ao alcance deles 

Depois, você deve guardar todos os objetos que o cachorro possa morder, engolir ou destruir. Entenda que guardar é diferente de tirar de um lugar e colocar em outro. Guardar significa que você deve colocá-los em locais fechados e seguros como gavetas e armários, não embaixo ou em cima de móveis como mesas e estantes.

No geral, quando um cãozinho morde, roe ou danifica algo, a nossa primeira reação é ficarmos bravos e culpá-los. Porém, devemos pensar além disso. Primeiro porque, se isso aconteceu, ou deixamos nossos pertences com fácil acesso para eles, ou não estávamos supervisionando os pets.

Muitas pessoas também acham que o cãozinho comer algo que não deve pode, no máximo, causar uma dorzinha de barriga, e não é bem por aí. Alguns objetos podem entalar na garganta (ou em qualquer outra parte do trajeto até o intestino do animal), perfurar órgãos e impedir que o cachorro consiga defecar. Você tem ideia do que pode acontecer com um cachorro se ele, por exemplo, engolir uma meia? Nem queira saber, é muito melhor e mais fácil impedir que ele a coma!

Você também deve ter cuidado com alimentos no geral: biscoitos, frutas, legumes e refeições prontas. Guarde tudo no local adequado (armários e geladeira), não os deixe sobre a mesa, a pia ou bancadas. Dependendo do tamanho do seu hóspede ele conseguirá alcançá-los e comê-los.

Outro ponto de atenção é com o lixo. Cães são atraídos pelo cheiro e qualquer lixo em um local de fácil acesso será, certamente, revirado e comido. Por isso, se você tiver cestos de lixo sem tampa em casa, aposente eles, invista em lixeiras com tampas e mantenha elas sempre fechadas, de preferência, fora do alcance deles. Sacos de lixo devem ser bem fechados e colocados em local isolado até o descarte.

Cães que destroem objetos e comem o que não deve podem acabar se machucando.

Em todas as situações, a regra é: qualquer objeto ou alimento que o cachorro tenha a chance de encontrar, comer ou danificar deve ser guardado em local próprio e seguro. Se você se descuidar e seu hóspede comer, morder ou roer algo, tire imediatamente dele e fique atento para que isso não se repita nem com ele, nem com outros hóspedes.

Sim, se o hóspede estiver mordendo algum objeto ou algum alimento, você deve tirar da boca dele – o que pode dar trabalho – além do risco dos dentes dele acabarem te machucando. Pode ser que, quando você viu, já tinha acontecido. Nestes casos, observe o hóspede e tente identificar o que ele engoliu. Essa informação será importante caso você precise levá-lo ao veterinário.

Lembre-se: todos os objetos que o cachorro possa vir a estragar são de responsabilidade do Anfitrião, bem como zelar pela segurança e saúde dos hóspedes. Por isso, seja responsável e cuidadoso tanto com os seus pertences quanto com o cachorrinho que estiver hospedando!