Esse é um ponto muito importante, pois se o pet segue a rotina que já está acostumado, o impacto de passar alguns dias em outro ambiente é muito menor.

Cada cãozinho tem suas próprias características, personalidade e hábitos. Quando o tutor de um pet precisa se ausentar e deixá-lo com alguém sua maior preocupação, além dele ser bem cuidado, é que a rotina dele seja mantida. 

O primeiro passo é assegurar que você poderá seguir as instruções do cliente antes de aceitar hospedar o pet dele. Por isso, converse com o cliente previamente sobre os principais hábitos do animal antes de aceitar a reserva.

Quando o hóspede já estiver em sua casa, lembre-se de seguir as orientações dadas pelo tutor e segui-las rigorosamente. Isso envolve:

1- Alimentação 🍴

Dê ao cachorro apenas a ração que ele está habituado a comer, a quantidade indicada pelo cliente e nos horários certos. Não dê a ele petiscos, frutas ou qualquer outro alimento que ele não consuma regularmente e sem a autorização do dono.

shutterstock_378558316

 

2 – Passeios e atividades 🎾

Alguns hóspedes fazem passeios e/ou atividades regularmente e outros não. Isso também deve ser mantido. Se ele não for acostumado a passear ou fazer qualquer outro tipo de atividade, não o leve para passeios, mesmo que curtos, nem force ele a se exercitar. Já para aqueles que têm o hábito, você deve cumprir a rotina de passeios ou de atividades com a qual ele está acostumado. Ou seja, levá-lo para passear quantas vezes por dia o dono indicar, respeitando os horários e a duração desses passeios, assim como praticar as atividades indicadas.

3 – Local das necessidades e de descanso 💤

Cada cãozinho faz suas necessidades em locais diferentes, como jornais, tapetes higiênicos e durante passeios pelo bairro. O cliente provavelmente deixará com você os jornais ou tapetes suficientes para o período da hospedagem, basta você colocar num local de fácil acesso e mostrar a ele. Não tente ensiná-lo a fazer as necessidades em outros lugares. Além de tirá-lo da rotina, você criará um novo hábito nele que pode não ser bem aceito pelo tutor.

O mesmo se aplica ao local de descanso. Os hóspedes geralmente possuem a própria caminha/coberta. Deixe-as no local onde elas ficam na casa dele.  Alguns pets são acostumados a dormir no sofá, poltrona e até mesmo na cama com os tutores. Se esse for o hábito dele você também deve respeitar e deixá-lo a vontade para escolher onde quer dormir.

shutterstock_407564617

4 – Convívio com outros animais 🐩

Caso você tenha pets em casa ou esteja hospedando mais de um cachorro, só deixe os hóspedes terem contato se forem sociáveis e acostumados a conviver com outros animais. Se ele não for sociável, o ideal é que você reserve um espaço só para ele (caso tenha seu próprio filho peludo) ou que hospede apenas um cachorro por vez.

5 – Medicamentos 💉

Alguns hóspedes podem ter condições pré-existentes, estar em tratamento ou se recuperando de algum procedimento e, por isso, fazem o uso regular de medicações. É imprescindível que você dê os remédios na dosagem correta e nos horários informados pelo cliente para evitar qualquer tipo de problema relacionado à saúde dele.

Seja rigoroso e pontual com a rotina dos seus hóspedes. Ela precisa ser mantida para que eles se sintam confortáveis e não sejam tão impactados com a mudança provisória de ambiente.

Além de promover uma ótima estadia para o pet, o cliente ficará satisfeito com os seus cuidados e preocupações e irá te avaliar muito bem! ⭐⭐⭐⭐⭐