Respondemos às principais dúvidas dos pais de cachorro sobre a higiene bucal dos peludos. Mantenha a limpeza em dia para evitar o bafinho e que ele perca os dentinhos no futuro.

Por Aretha Yarak 
Especial para DogHero for dog lovers

Embora os cães não sejam tão suscetíveis às cáries, eles são sérios candidatos à doença periodontal, que é uma inflamação na gengiva geralmente causada pelo acúmulo de tártaro nos dentes. Esse problema leva ao mau hálito. A doença periodontal pode causar muita dor e em casos mais graves pode causar fratura (e até perda dos dentinhos!) e contribuir para o desenvolvimento de outras doenças, como as cardiovasculares. Se você nunca escovou os dentes do seu cachorro, talvez seja a hora de rever o hábito!

Escova, dedeira ou gaze?

É como fazer a higiene da própria boca: o importante é limpar todos os dentes.

A melhor opção é sempre aquela a que você e seu cão se adaptam melhor. Se preferir a escova de dentes humana, escolha uma de cerdas macias e do tamanho adequado para o seu animal.

Em raças menores, uma boa pedida são as escovas de bebês.

Pasta dental

NUNCA use pasta dental humana! O produto contém substâncias que não podem ser ingeridas pelos cães (o flúor, por exemplo), e, como eles não cospem, vão acabar comendo o produto. Isso pode causar gastrite, dores abdominais, vômitos e até diarreia.

Opte sempre por uma pasta veterinária. Elas existem em diversos sabores (até de carne!), e costumam ser bastante atrativas para os cães.

Saiba que o mais importante não é o creme dental e sim a escovação em si, portanto vale escovar sem pasta, mas não vale deixar de escovar!

Faça associação positiva

Uma boa dica para começar é associar a escovação com algo bastante positivo. Coloque um pouquinho da pasta na escova e deixa seu cão experimentar. Conforme for aproximando a escova da boca e dos dentes, e ele for aceitando, dê um petisquinho para recompensá-lo. Talvez você precise de alguma paciência nesse comecinho, mas não desista!

Os cães menores têm os dentes mais juntinhos e, por isso, mais propícios a juntar sujeiras. O indicado é que neles a escovação seja feita todos os dias.  Já para os maiores, a indicação é a cada dois dias.

Tártaro

Você sabia que cachorro pode ter tártaro nos dentes? O tártaro são aquelas manchinhas na base do dente que variam da cor amarelada até o marrom escuro.

Mau hálito: o que faço para diminuir o bafo do cachorro? - Tártaro - DogHero

Você não conseguirá remover esse tártaro com a escovação –  se você tentar, provavelmente vai causar um sangramento na gengiva.  Nesse caso, escove com delicadeza e procure um veterinário odontologista, pois geralmente é necessário um procedimento cirúrgico para remoção do tártaro.

Fonte: veterinária DogHero Ingrid Stein